Topo

Futebol


Mesmo com quebra de sequência, Tiago Nunes ressalta pontos positivos de revés

20/05/2019 09h22

Poupando titulares pensando na primeira partida da Recopa frente ao River Plate na próxima quarta-feira (22), o Furacão foi derrotado por 2 a 0 diante do Corinthians atuando na Arena da Baixada pelo Brasileirão, algo que significou a primeira derrota do técnico Tiago Nunes em 2019 dentro de seus domínios.

Entretanto, o comandante do time paranaense não avaliou de maneira negativa a situação, preferindo dar ênfase ao fato de que foi necessário poupar atletas e dar chance a novos nomes pelo grande desafio que surge à frente no meio de semana:

- Temos muito mais coisas boas a tirar do que o resultado em si. Se levarmos em consideração o placar, sabemos que é ruim a nível de classificação. Mas foi o risco assumido, pensando na prioridade da Recopa Sul-Americana. É uma final onde o único clube brasileiro envolvido é o Athletico. Um momento especial, que temos que tratar desta forma. Por isso a escolha por jogadores jovens e outros que não vinham atuando.

Como já tinha introduzido o assunto, Tiago foi questionado já sobre o confronto diante dos argentinos. Oponente esse que foi elogiado pelo treinador do Athletico tanto pela história como pela sequência de decisões que o River acumula desde que Marcelo Gallardo assumiu o comando:

- Falar da história do River é chover no molhado. Não sei dos dados, mas é uma equipe que tem disputado finais e ganhando sempre. Sabemos que vamos precisar competir muito. É um time que gosta de duelar, mas também tem a posse de bola. Acho que será um grande jogo e ingrediente único para uma temporada maravilhosa. Talvez nem os mais dos otimistas pudesse esperar que a gente jogasse tantos jogos contra River Plate e Boca Juniors no mesmo ano.

Mais Futebol