Topo

Esporte


Técnico do Bayern rebate Rafinha: "ninguém deve estar acima da equipe"

Kai Pfaffenbach/Reuters
Imagem: Kai Pfaffenbach/Reuters

01/03/2019 09h50

Após Rafinha reclamar de ter ficado no banco de reservas na goleada do Bayern de Munique sobre o Hertha Berlin por 1 a 0, e criticar o técnico pela falta de chances como titular, Niko Kovac criticou a atitude do brasileiro. O comandante confirmou ainda que o lateral direito pediu desculpas após as declarações.

"Ninguém deve estar acima da equipe, do clube e dos outros jogadores. E nem ser tão crítico com o treinador", afirmou Niko Kovac em entrevista.

Rafinha está em fim de contrato com o Bayern e deixará o clube ao fim da temporada. Ele está cotado para defender o Flamengo a partir de julho.

Segundo o "Bild", o brasileiro afirmou que Kovac não confia em seu futebol.

"Não faço ideia do motivo de não ser aproveitado. Eu sempre dou 100%, entrego meus serviços, mas ele não confia em mim. Eu não sei o que ele pensa. Eu joguei com Heynckes, Ancelotti e Guardiola. Não tenho ideia do motivo. O treinador sabe que vou sair no fim da temporada, talvez essa seja a razão", disse.

O lateral disputou apenas dois jogos em 2019 pelo Bayern de Munique. Ele foi titular na derrota por 3 a 1 para o Bayer Leverkusen, pelo Alemão, e entrou no decorrer do empate em 0 a 0 com o Liverpool, pela Liga dos Campeões.

Rafinha tem 33 anos e está no Bayern de Munique desde 2011. Ele já disputou 257 partidas pelo clube alemão e conquistou 18 títulos.

Esporte