PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após caso de Seri, sindicato pede que atletas evitem acordos com clubes

29/08/2017 17h48

O sindicato de jogadores profissionais da França (UNFP) pediu, nesta terça-feira, que os jogadores não assinem mais acordos privados com os clubes. Isso porque a entidade quer evitar a situação ocorrida com o meia marfinense Jean Michael Seri e o Nice.

De acordo com o jornal francês "L'Equipe", o time da França pediu 50 milhões de euros (R$ 190,5 milhões) ao Barça por Seri, fazendo os catalães desistirem da negociação. A diretoria espanhola só aceitava pagar os 40 milhões de euros (R$ 152,4 milhões) da multa rescisória, porém, o Nice afirmou que essa cláusula já estava vencida.

- Não assinem nunca contratos privados, pois, eles não serão registrados na sede da liga e poderão ser o cemitério de suas ilusões - disse o sindicato.

Esporte