PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bruno Soares e Bia Haddad participam de lançamento de plataforma de eventos esportivos

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

26/11/2021 22h16

Nesta sexta-feira, os tenistas Bruno Soares e Bia Haddad se reuniram para promover o lançamento de uma nova plataforma esportiva. Trata-se do Fastis, sistema que promete conectar milhares de jogadores a seus principais torneios e eventos. O jornalista Felipe Andreoli e o atleta de Beach Tennis Vini Font também estiveram no evento em São Paulo.

"O projeto é muito bacana, ele deixa a comunidade do tênis mais próxima. A plataforma é um sucesso e replicável para todos os esportes. É um problema que todos os esportes têm, de controlar essa organização, essa logística de eventos. Hoje temos eventos amadores para todos os lados", disse Bruno Soares, atual número 16 do ranking mundial de duplas e ganhador de seis Grandes Slams.

"Se for olhar pelo tênis, é o segundo esporte mais praticado do país, então tem evento toda hora. Então conseguir unir e organizar mais essa comunidade vai ser muito legal. A gente fez isso a vida inteira. Eu jogo torneios desde os meus sete anos de idade. Nós temos uma referência muito boa quanto a isso. Conseguir juntar esses pilares para trazer essa solução é muito bacana. Todo mundo precisa", completou.

Por meio do aplicativo, portanto, é possível encontrar torneios de diversas modalidades esportivas. A plataforma é capaz de conectar o usuário a eventos da sua localização em um raio de 120 quilômetros. Além disso, também há a possibilidade de se fazer uma busca por todo o país.

Duas vezes vice-campeã de duplas em Roland Garros e semifinalista em Wimbledon em 2021, a paulista Bia Haddad celebrou o novo aplicativo. Na visão da tenista, a novidade deve facilitar a vida de todos que estão envolvidos com o esporte.

"Eu fiquei muito feliz quando me chamaram para fazer parte desse projeto. Tanto eu quanto o Bruno temos a experiência do circuito, plataformas no tênis profissional, o player zone e toda essa facilidade para os jogadores viajarem, encontrarem os torneios, as inscrições e onde eles vão ficar. Tudo isso é muito importante. Quando a gente fala do tênis amador, ele também motiva, ensina e faz parte da vida das pessoas. Só tem a agregar, tanto para quem joga, quem apoia e às crianças. Facilita o meio de comunicação de todo mundo. Só tem a somar para o tênis no Brasil", comentou a atual número 82 do ranking mundial.

Futebol