PUBLICIDADE
Topo

Inglês - 2021/2022

Gabriel Jesus brilha, e City leva a melhor em reencontro com o Chelsea

Gabriel Jesus comemora gol do Manchester City contra o Chelsea na Premier League - GettyImages
Gabriel Jesus comemora gol do Manchester City contra o Chelsea na Premier League Imagem: GettyImages

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

25/09/2021 10h30

Classificação e Jogos

Neste sábado, Chelsea e Manchester City, finalistas da última Liga dos Campeões, se reencontraram pela sexta rodada do Campeonato Inglês. Em Stamford Bridge, o time de Pep Guardiola venceu por 1 a 0, com gol de Gabriel Jesus.

Com o resultado, o City sobe para a segunda colocação, com 13 pontos. A equipe de Thomas Tuchel, por sua vez, cai para terceira posição, também com 13.

Na próxima rodada, o Chelsea recebe o Southampton, no próximo sábado, às 11h (de Brasília). O Manchester City, por sua vez, joga fora de casa contra o Liverpool, no domingo (03/10), às 12h30 (de Brasília).

O jogo

O primeiro tempo da partida foi equilibrado. O time de Guardiola buscou dominar as ações ofensivas da partida, mas não conseguiu criar grandes chances, parando da boa marcação dos mandantes. O Chelsea tentou jogadas de velocidade em contra-ataques, mas também não teve sucesso.

A melhor oportunidade de abrir o placar foi do City, aos 41 minutos. Gabriel Jesus recebeu dentro da pequena área, mas errou o alvo, dando o tiro de meta para o goleiro Mendy.

Na segunda etapa, as chances de gol começaram a aparecer com mais frequência para o visitantes. Primeiro em chute de fora da área de Grealish, que passou perto da trave.

Depois, Gabriel Jesus abriu o placar para o Manchester City, aos oito minutos. O brasileiro recebeu dentro da área e bateu no canto esquerdo para o fundo das redes. Os comandados de Guardiola ainda tiveram mais um chance com Grealish, que parou em defesa de Mendy.

Aos 18, Romelu Lukaku chegou a mandar a bola para as redes, o que seria o empate do Chelsea. Mas o tento foi anulado por impedimento.

O Chelsea não conseguiu criar mais grandes oportunidades para empatar. O City voltou a ter chances com Grealish e Laporte, mas não teve sucesso para ampliar o placar.