PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pepê, do Cuiabá, diz que homossexualidade 'é pecado' e 'leva à condenação'

Pepê, atacante do Cuiabá - Reprodução/TV Cuiabá
Pepê, atacante do Cuiabá Imagem: Reprodução/TV Cuiabá

Do UOL, em São Paulo

22/10/2021 21h15

O atacante Pepê, do Cuiabá, foi criticado após compartilhar frases homofóbicas nas redes sociais. Questionado pelos seguidores sobre homossexualidade, o jogador disse que "é pecado" e "leva à condenação".

"[A homossexualidade] leva à condenação como qualquer outro pecado se não houver arrependimento", escreveu nos stories do Instagram.

"Concordo que Deus é amor, mas a generalização disso nessa geração tem levado muitos ao caminho errado", continuou.

pepe - Reprodução - Reprodução
Pepê, do Cuiabá, foi criticado após postagem homofóbica
Imagem: Reprodução

"Amar é falar a verdade! Não julguei, nem condenei, apenas expus conhecimento que o senhor me deu pela Sua palavra, que é a Bíblia, meu manual de fé. A homossexualidade é pecado da mesma forma que adulterar ou até mesmo odiar o seu irmão também é. Pecado é pecado, e ele jamais trará vida", finalizou o jogador.

O jogador foi criticado nas redes sociais após as postagens. O seguidores se revoltaram com o tom homofóbico das frases.

Pepê, de 23 anos, está no Cuiabá desde abril deste ano. Antes, ele defendeu Flamengo e Portimonense.

Futebol