PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

São Paulo x Palmeiras: o que diz a regra sobre o impedimento de Miranda

Do UOL, em São Paulo

01/08/2021 04h00

Classificação e Jogos

Um dos momentos mais polêmicos no clássico entre São Paulo e Palmeiras, que terminou empatado por 0 a 0 neste sábado (31), no Morumbi, pelo Brasileirão, foi o gol contra de Gustavo Gómez anulado já nos minutos finais da partida. Após interferência do VAR, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira reviu a jogada e considerou que Miranda, impedido, participou do lance.

Na jogada, Miranda está em posição de impedimento e não chega a tocar na bola quando Reinaldo faz o cruzamento. A bola passa por cima do zagueiro do São Paulo e do volante palmeirense Patrick de Paula, e chega a Gómez, que, no meio da área, desvia contra o próprio gol. Veja o vídeo:

Mas o que diz a regra sobre um lance como esse? Veja a seguir o trecho da lei do impedimento que trata sobre situações em que o jogador em posição irregular, mesmo sem tocar na bola, pode cometer a infração. Para isso, o atleta precisa "interferir em um adversário de uma das seguintes maneiras":

  • Impedindo um adversário de jogar ou de poder jogar a bola ao obstruir claramente sua linha de visão;
  • Disputando a bola com o adversário;
  • Tentando claramente jogar a bola que se encontre próxima de si e quando essa ação causar impacto no adversário;
  • Praticando uma ação óbvia que tenha impacto claro na possibilidade de o adversário jogar a bola.

O São Paulo afirmou após o clássico que vai entrar com uma representação na CBF contra o que considera erros do VAR contra o clube. Além do lance de Miranda, o Tricolor também teve um pênalti a seu favor, de Gómez em cima de Marquinhos, anulado após intervenção do árbitro de vídeo.