PUBLICIDADE
Topo

Futebol

São Paulo vai questionar CBF sobre arbitragem no clássico: 'VAR fez 2 a 0'

Luiz Flávio de Oliveira anula gol do São Paulo contra o Palmeiras pelo Brasileirão - Marcello Zambrana/AGIF
Luiz Flávio de Oliveira anula gol do São Paulo contra o Palmeiras pelo Brasileirão Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/07/2021 22h21

Classificação e Jogos

O diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, afirmou após o Choque-Rei da noite de hoje (31) que o Tricolor entrará com uma representação na CBF para protestar contra erros do VAR contra o clube.

"Vamos fazer uma representação na CBF. O VAR foi utilizado sete vezes em jogos do são Paulo, seis vezes contra o são Paulo. Algumas acertadas, outras absurdas como as de hoje. Não estamos nem um pouco contentes com a qualidade da arbitragem nos jogos do São Paulo. é muito ruim quando o trabalho feito em campo se perde por causa do VAR. Resultado final? VAR 2 x 0 São Paulo", disse Belmonte.

No duelo com o Palmeiras, a arbitragem de vídeo atuou em dois lances capitais: no lance da anulação de um pênalti Gustavo Gómez em Marquinhos e invalidando um gol do Tricolor no fim da partida.

"O árbitro marca o pênalti a um metro de distância. Esse pênalti marcado no campo tem todas as sensações. Mas aí entra o VAR. O VAR de repente chama o árbitro. Em uma sala fechada, sem o som, sem nada da partida. E aí traz a insegurança do árbitro, que perde a convicção, vai ao VAR e anula o lance", apontou o diretor são-paulino.

Belmonte ressaltou ser favorável à tecnologia da video como recurso para a arbitragem, mas considera que ela é mal utilizada no Brasil. "O VAR, que deveria trazer segurança ao árbitro, no Brasil traz insegurança. Deveria ser um acessório, e no Brasil quer ser protagonista", disse.

O dirigente concluiu a coletiva de imprensa após o empate demonstrando satisfação com a atuação tricolor no clássico no Morumbi: "Quero parabenizar a comissão, nossos jogadores, porque fizeram uma grande partida contra um grande adversário. Da nossa parte, da diretoria, mais uma vez, como temos dito sempre, estamos satisfeitos com o trabalho".

A partida terminou com empate por 0 a 0, que levou o São Paulo a 12 pontos, na 16ª colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Palmeiras continua na liderança isolada, com 32 pontos.

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão no próximo sábado (7). O Tricolor visita o Athletico-PR, às 18h, em Curitiba-PR, e o Verdão recebe o Fortaleza no Allianz Parque, às 21h.

Antes disso, o time de Hernán Crespo jogará a partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Vasco, em São Januário-RJ, na quarta-feira (4). No jogo de ida, os são-paulinos venceram por 2 a 0.

Futebol