PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians mantém cautela com garotada do ataque e monitora o mercado

Matheus Araújo e Rodrigo Varanda, dois nomes que subiram este ano aos profissionais do Corinthians  - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
Matheus Araújo e Rodrigo Varanda, dois nomes que subiram este ano aos profissionais do Corinthians Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

19/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

O planejamento do Corinthians para esta temporada é apostar nos garotos das categorias de base. Alguns deles estão indo bem e são presença constante na equipe, como os zagueiros João Victor e Raul Gustavo, mas outros — sobretudo os meio-campistas e atacantes — ainda não corresponderam ao esperado, e a comissão técnica adota cautela. Por isso, o clube monitora o mercado em busca de um ou outro reforço para o sistema ofensivo.

Desde que Sylvinho assumiu o Corinthians, no dia 25 de maio, a equipe entrou em campo em seis oportunidades, duas vezes pela Copa do Brasil e quatro pelo Campeonato Brasileiro. Dos novos nomes do elenco promovidos nesta temporada, apenas Adson foi utilizado pelo novo treinador entre aqueles que podem jogar do meio para frente. Mesmo assim, somou 39 minutos em campo.

O sistema ofensivo é o grande problema do Corinthians neste momento da temporada. Os atacantes do elenco não estão sendo produtivos e a alternativa encontrada tem sido utilizar os volantes como fator surpresa na área adversária. O contexto poderia ser uma oportunidade para os garotos ganharem espaço na equipe e buscarem protagonismo.

No entanto, a avaliação da comissão técnica é de que boa parte dos jovens promovidos nesta temporada ainda precisam de mais tempo para adquirirem a maturidade necessária. Nomes como Cauê, Vitinho e o próprio Adson costumam ser relacionados justamente para ganhar experiência. Outros como Rodrigo Varanda e Felipe Augusto devem ser utilizados na base e, aos poucos, irem retomando espaço.

Neste cenário, a diretoria do Corinthians se mantém atenta ao mercado para identificar possíveis nomes que podem reforçar o elenco. Na virada do mês, o zagueiro Jemerson, o meia Otero e o volante Ramiro deixarão o clube e abrirão espaço na folha salarial. Há a possibilidade do Alvinegro usar o dinheiro que era gasto com esses atletas para trazer um ou outro reforço para o sistema ofensivo, a prioridade do técnico Sylvinho neste início de Brasileirão.

Corinthians