PUBLICIDADE
Topo

Copa Sul-Americana - 2021

À procura de treinador, Corinthians goleia o Huancayo em 'amistoso de luxo'

Gustavo Mosquito comemora gol do Corinthians contra o Sport Huancayo pela Sul-Americana - BETO MILLER/AM PRESS & IMAGES/ESTADÃO CONTEÚDO
Gustavo Mosquito comemora gol do Corinthians contra o Sport Huancayo pela Sul-Americana Imagem: BETO MILLER/AM PRESS & IMAGES/ESTADÃO CONTEÚDO

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

20/05/2021 23h23

Classificação e Jogos

Eliminado da Copa Sul-Americana, o Corinthians entrou em campo na noite desta quinta (20) e não tomou conhecimento do Sport Huancayo, tendo goleado o time peruano por 5 a 0. Apesar do resultado elástico, a partida não valia nada em termos de classificação e foi uma espécie de 'amistoso de luxo' na Neo Química Arena. O alvinegro segue à procura de um treinador - também na noite desta quinta Renato Gaúcho recusou a oferta para treinar o clube paulista.

O Corinthians foi dirigido por Fernando Lázaro, analista de desempenho do elenco profissional. O interino mudou o esquema tático, sacou um centroavante e colocou em campo um ataque mais leve e com mais mobilidade. A tática deu certo e o Timão poderia ter conseguido feito mais gols não fossem os erros de finalização dentro da área adversária.

Agora, o clube do Parque São Jorge dá continuidade na procura por um comandante. Com a recusa de Renato Gaúcho, Dorival Júnior e Sylvinho são outros nomes que foram discutidos pela direção nos últimos dias.

Melhor: Mosquito faz dois e dá mobilidade ao ataque

Reserva nos últimos jogos antes da queda de Vagner Mancini, o atacante Gustavo Mosquito destacou-se na noite de hoje (20). O jogador fez dois gols e deu mobilidade ao sistema ofensivo da equipe. A tática de Fernando Lázaro sem um centroavante auxiliou o Corinthians a chegar com mais facilidade ao gol adversário e teve em Mosquito um personagem determinante.

Pior: Arroé é expulso e complica ainda mais o Huancayo

O Corinthians já tinha o amplo domínio da partida em condições iguais e ganhou uma forcinha do meia Arroé. Nos minutos iniciais do segundo tempo, o jogador dividiu uma bola com Camacho, levou a pior e decidiu acertar uma cotovelada na região do rosto do corintiano. O árbitro Angelo Hermosilla viu a agressão e deu cartão vermelho direto ao peruano.

Mosquito sem querer

O primeiro gol da partida aconteceu por sorte. Em um cruzamento de Mateus Vital, a zaga do Huancayo chegou primeiro e afastou a bola, que acabou resvalando em Gustavo Mosquito e estufando a rede adversária. Os peruanos reclamaram de um toque de mão, mas como não há VAR na Copa Sul-Americana o lance não foi checado.

A especialidade de Vital

O meia Mateus Vital foi o autor do segundo gol da equipe brasileira em sua jogada característica. O camisa 22 recebeu a bola pelo lado esquerdo, avançou em direção ao meio do campo e, de fora da área, chutou em curva, colocado, e acertou o lado da rede defendida pelo Huancayo.

Luan fecha a conta

Outro destaque da partida, o meia Luan foi o responsável por fechar a conta em Itaquera. O camisa 7 do Timão recebeu a bola dentro da área e encheu o pé para acertar o ângulo do goleiro Pinto e dar números finais ao confronto.

Próximos jogos

Na próxima quarta-feira (26), o Corinthians encerra sua participação na Copa Sul-Americana 2021 ao receber o River Plate, do Paraguai, na Neo Química Arena. O jogo vale a segunda posição do Grupo E para o clube do Parque São Jorge e os paraguaios chegam para o confronto ainda com o sonho de conseguir a classificação para o mata-mata.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 5x0 SPORT HUANCAYO

Competição: Copa Sul-Americana - Grupo E (5ª rodada)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Data: 20/5/2021

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Angelo Hermosilla (CHI)

Assistentes: Claudio Rios (CHI) e Christian Schiemann (CHI)

VAR: não há VAR nesta fase da Copa Sul-Americana

Cartões amarelos: Gil (Corinthians)

Cartões vermelhos: Arroé (Sport Huancayo)

Gols: Gustavo Mosquito, aos 10' do 1º tempo (1-0); Mateus Vital, aos 34' do 1º tempo (2-0); Gil, aos 11' do 2º tempo (3-0); Gustavo Mosquito, aos 23' do 2º tempo (4-0); Luan, aos 34' do 2º tempo (5-0)

CORINTHIANS: Cássio; João Victor, Gil, Raul Gustavo e Lucas Piton; Gabriel (Adson), Camacho (Jô), Luan, Araos (Roni) e Mateus Vital (Léo Natel); Gustavo Mosquito (Ramiro). Técnico: Fernando Lázaro.

SPORT HUANCAYO: Joel Pinto; Carmona (Benites), Valoyes, Duclós e Reyes; Rojas, Vilar, Velásquez, Arroé e Óscar Barreto (Huaccha); Monsalvo (Quintero). Técnico: Wilmar Valencia.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que foi publicado, o Corinthians venceu por 5 a 0, e não 4 a 0. O erro foi corrigido.