PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jornal: Tottenham está 'furioso' com Kane e estuda contratar Gabriel Jesus

Harry Kane lamenta gol sofrido pelo Tottenham em derrota para o Leeds no Campeonato Inglês - Michael Regan/Getty Images
Harry Kane lamenta gol sofrido pelo Tottenham em derrota para o Leeds no Campeonato Inglês Imagem: Michael Regan/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

18/05/2021 13h31

Harry Kane, atacante de 27 anos do Tottenham, comunicou ontem (17) a diretoria do clube que não pretende seguir na equipe e que deseja ser vendido, para que possa disputar títulos, o que deixou a alta cúpula dos Spurs 'furiosa', segundo o 'Daily Mail'.

Além de estar prestes a perder o principal jogador do elenco, a diretoria do Tottenham não gostou da postura de Harry Kane, já que o time ainda briga por uma vaga na Champions League e restam duas partidas para serem disputadas na Premier League.

Para repor a eventual saída do atacante, o clube avalia o brasileiro Gabriel Jesus, do Manchester City, e Anthony Martial, do Manchester United, que pertencem a duas das equipes interessados em Harry Kane

O cenário parece ser irreversível, já que Kane é um dos nomes mais desejados do mercado e atrai atenção de times ingleses como o Manchester United, o Manchester City e o Chelsea, além dos gigantes espanhóis Real Madrid e Barcelona e também o PSG.

O presidente do Tottenham, Daniel Levy, é famoso por fazer jogo duro nas negociações e, em uma eventual venda de Kane, deve dificultar ao máximo a saída do atleta, pedindo uma alta compensação financeira e possivelmente até nomes para reposição.

Harry Kane tem um valor estipulado em R$ 771 milhões, mas Daniel Levy só estaria disposto a vender o atacante por um valor na casa de R$ 1 bilhão, montante que pode variar a depender do negócio.

Além disso, a mídia inglesa repercute que o Tottenham já trabalha nos bastidores para contratar um substituto, sendo via troca mais uma composição financeira ou uma compra e, no topo da lista aparecem: Gabriel Jesus, do Manchester City e Anthony Martial, do United, que podem ser envolvidos na negociação por Kane.

Esporte