PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético-MG vence o Tombense de virada em jogo com apagão de luz no estádio

Jogadores do Atlético comemoram vitória sobre Tombense de virada com gol de Gabriel - Pedro Souza / Atlético
Jogadores do Atlético comemoram vitória sobre Tombense de virada com gol de Gabriel Imagem: Pedro Souza / Atlético

Do UOL, em Belo Horizonte

04/03/2021 23h13

Classificação e Jogos

O time reserva do Atlético-MG honrou uma conhecida música de arquibancada cantada pelos torcedores, "o Galo é o time da virada, o Galo é o time do amor". Depois de começar perdendo para o Tombense, fez o vira-vira, hoje (4), e venceu o adversário por 2 a 1, no estádio Almeidão, em Tombos, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro. Os gols foram marcados por Rubens, para o time da casa, e com Marrony e Gabriel definindo o placar para o Alvinegro.

O Atlético-MG poupa seus titulares, que encerraram o Campeonato Brasileiro de 2020 no fim de fevereiro, e curtem recesso, já que não houve um período de férias por causa das mudanças do calendário decorrentes da pandemia da covid-19.

Diante do Tombense, garotos da base foram aproveitados, novamente, pelo técnico interino Lucas Gonçalves. Felipe Felício, Echaporã, Savinho e Calebe estiveram em campo para ganhar ritmo de jogo e experiência.

A partida foi uma reedição da final do Campeonato Mineiro do ano passado —Galo e Gavião Carcará decidiram o torneio em 2020, com o título ficando para a equipe da capital Belo Horizonte.

O próximo jogo do Galo já é neste domingo (7), às 20h30, no Mineirão, contra o Uberlândia, pela rodada de número três do Estadual. O Tombense visita o Coimbra, às 10h, do mesmo dia, no estádio Flávio Guimarães.

Apagão elétrico

Uma situação curiosa aconteceu nos primeiros minutos de jogo. Quando o relógio marcava nove minutos da etapa inicial, houve uma interrupção de energia nos holofotes do estádio Almeidão. A explicação, segundo a imprensa da cidade de Tombos, foi uma pane na chave elétrica. O jogo ficou paralisado por 18 minutos e a bola voltou a rolar de forma emocionante, com um gol logo na sequência

Apagão do Galo

Mesmo com a volta da iluminação, o Galo ainda ficou apagado. No primeiro lance após a energia elétrica ser reestabelecida, Caíque balançou a rede de Rafael e deixou sua marca.

Na lua

Um dos destaques do Tombense, o atacante Rubens desperdiçou a cobrança de um pênalti ainda no primeiro tempo. Aos 43 minutos, o centroavante isolou a bola "na lua" ao chutar muito alto, acima do ângulo direito do gol de Rafael. Sorte do Galo.

Domínio

O segundo tempo ficou marcado pelo domínio do Atlético-MG, que pressionou o Tombense e lutou bastante para aumentar o placar, o que acabou não acontecendo. Apesar disso, o volume de jogo produzido pela garotada alvinegra gerou boas oportunidades de gol.

Pelo menos duas grandes chances foram criadas, uma com Sávio e a outra com Neto, que deu trabalho nas cobranças de escanteio.

Além disso, na etapa complementar, o Atlético-MG reclamou de um pênati em cima de Echaporã, lance ignorado pela arbitragem.

Cronologia do jogo

Aos nove minutos do primeiro tempo, o Tombense abriu o placar com o atacante Caíque, que foi lançado pela esquerda, se infiltrou no meio dos zagueiros e, cara a cara com o goleiro Rafael, chutou rasteiro para marcar: 1 a 0.

Aos 30 minutos, Marrony deixou tudo igual. Dodô avançou pela esquerda, cruzou para a área, onde estava Felipe, que dividiu com os defensores do Tombense, ficou com a bola e deu o passe para Marrony empatar com o pé direito: 1 a 1.

Aos 12 minutos do segundo tempo, o zagueiro Gabriel aproveitou um enorme vacilo da defesa do Tombense e, de cabeça, fez o segundo gol atleticano. Definindo a virada: 2 a 1.

FICHA TÉCNICA:

TOMBENSE 1 x 2 ATLÉTICO-MG

Motivo: 2ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Estádio Almeidão, em Tombos (MG)
Data e horário: 4 de março de 2021 (quinta-feira), às 21h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa e Marconi Helbert Vieira
Gols: Caíque (9' 1º T); Marrony (30' 1ºT), Gabriel (12' 2ºT)
Cartão amarelo: Rubens, Rodrigo, Caíque (TOM); Zaracho (CAM)
Cartão vermelho: -

TOMBENSE: Felipe; David, Wesley, Matheus Lopes e João Paulo (Manoel); Rodrigo, Marquinhos (Falcão) e Jhemerson; Keké, Caíque (Willian) e Rubens. Técnico: Bruno Pivette

ATLÉTICO-MG: Rafael; Mariano, Gabriel, Igor Rabello e Dodô; Dylan Borrero (Neto), Zaracho e Calebe; Sávio (Echaporã), Marrony e Felipe Felício. Técnico: Lucas Gonçalves (interino).

Atlético-MG