PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras aperfeiçoa metodologia por reforços e conta com apoio de Abel

Alan Empereur e Kuscevic foram apresentados pelo assessor técnico Edu Dracena no Palmeiras - Cesar Greco
Alan Empereur e Kuscevic foram apresentados pelo assessor técnico Edu Dracena no Palmeiras Imagem: Cesar Greco

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

14/12/2020 04h00

Classificação e Jogos

Desde o começo desta temporada, o Palmeiras tem um novo braço dentro do departamento de futebol: a análise de mercado, que levanta dados de potenciais alvos do clube no mercado da bola. Lucas Oliveira é quem assumiu a função em janeiro, vindo do Ludogorets, da Bulgária.

"Venho de uma formação e atuação no futebol profissional ao longo dos últimos 11 anos como analista de desempenho. Trabalhei nas equipes profissionais do Grêmio, Athletico-PR e seleção brasileira (base e olímpica) com esta atribuição, e no ano passado estava trabalhando no Ludogorets, da Bulgária, onde além de exercer a função de analista de desempenho da equipe principal auxiliava o departamento de scouting no monitoramento de atletas brasileiros para aquisição do clube. Ao retornar desta experiência, no início de janeiro, recebi o convite do Palmeiras para ser o analista de mercado da instituição e coordenar um projeto nesta área", contou Lucas Oliveira, ao UOL Esporte.

O funcionário tem contato direto com a diretoria, passando dados e relatórios de jogadores que podem ser contratados a partir de três etapas: modelo de jogo da comissão técnica, definição de perfil de atletas desejados e monitoramento de mercados alvos. Ele trabalha também próximo do Centro de Inteligência do Palmeiras (CIP), que conta com os analistas de desempenho Rafael Costa, Guilherme Dias, Roberto Torrecilhas, além do português Tiago Costa, que chegou com Abel Ferreira.

Lucas Oliveira, analista de mercado do Palmeiras - Divulgação - Divulgação
Lucas Oliveira, analista de mercado do Palmeiras
Imagem: Divulgação

O CIP antes fazia este trabalho também, mas agora tendo uma área exclusiva para o mercado, os analistas de desempenho podem trabalhar mais diretamente no estudo dos trabalhos em campo do Palmeiras e dos próximos adversários.

"A análise de mercado, também conhecida por scouting, é uma área que serve como um conduto de informações do desempenho de atletas atuantes no mercado, pela organização de monitoramentos ou mapeamentos de jogadores e competições, bem como produção de vídeos e relatórios individuais a partir dos critérios pré-estabelecidos de perfis traçados pelo clube, para que a condução dessas informações possa vir a atender as demandas da instituição (no mercado)", explicou.

"Enquanto as atribuições e rotinas dos analistas de desempenho estão mais voltadas às análises no processo de treino-jogo-adversário para o auxílio aos membros da comissão técnica no desenvolvimento da equipe no decorrer das competições, o dia a dia do analista de mercado está ligado à observação de jogadores e de diversos jogos nos mercados alvos de monitoramento, com um viés de análises individuais, tendo este profissional uma relação mais direta com a diretoria, mas também abastecendo de informações o treinador e sua equipe de trabalho. Neste processo, é fundamental contextualizar este olhar de observação, embasado em conceitos e perfis estabelecidos, de acordo com o contexto de nosso clube", acrescentou.

Ainda que Lucas seja o único analista de mercado do Palmeiras, o processo para captação de dados e análise de jogadores e competições envolve 15 pessoas, entre treinadores, assistentes, analistas de desempenho e observadores. Semanalmente, eles recebem uma lista de jogos para aumentar o banco de dados de jogadores, em um processo que envolve o departamento profissional e as categorias de base.

"Este fator auxilia muito na observação de uma gama maior de jogadores e campeonatos, agregando também outros olhares qualificados de dentro da instituição, embasados pelos conceitos definidos internamente. Este projeto, supervisionado pelo gerente Cícero Souza e pelo diretor executivo Anderson Barros, bem como com suporte do assessor técnico Edu Dracena e do coordenador da formação João Paulo (Sampaio), e com a participação direta do treinador Abel Ferreira junto da comissão técnica, proporciona um amplo ambiente interativo de troca de ideias e partilha de conhecimentos que contribuem para organização e alcance ainda maior para o scout", acrescentou.

Além do investimento em equipe, o clube também buscou ferramentas de tecnologia para auxiliar neste trabalho, como as plataformas Wyscout e Instat, que dão dados, vídeos e análises, inclusive táticas, sobre jogadores e partidas pelo mundo.

Em 2020, o Palmeiras contratou menos que de costume: trouxe Viña e Rony no começo da temporada, além de Kuscevic, Alan Empereur e Breno Lopes depois da chegada de Abel Ferreira.

CONTATO FREQUENTE COM ABEL FERREIRA

Lucas ajudou com dados no processo de escolha do técnico Abel Ferreira, com quem hoje o analista mantém contato praticamente diário. Há uma troca de informações entre eles, tanto que foi o técnico quem indiciou Alan Empereur, por exemplo. Já Kuscevic contou com o estudo do clube e depois aprovação de Vanderlei Luxemburgo, então técnico alviverde.

Em pouco mais de um mês de trabalho com o português, Lucas Oliveira corrobora com uma visão de dentro da Academia de Futebol: Abel e seus auxiliares têm como grande mérito a partilha de conhecimento.

"Eles se mostram plenamente adeptos àquilo que há de mais moderno existente hoje dentro do futebol no que diz respeito ao uso de tecnologia, e nos trazem a visão do compartilhamento de conhecimentos acerca deste tema entre os profissionais do clube, o que permite uma troca de ideias fundamental para qualificação dos processos e crescimento profissional de todos", elogiou.

"Além disso, sua capacidade de saber utilizar os dados de forma a transformar informações em conhecimento prático tem permitido com que o uso da tecnologia tenha grande relevância, em todas as áreas. Especificamente à análise de mercado, o treinador e os assistentes técnicos possuem uma interação direta e diária com o departamento, contribuindo na elaboração de métricas de desempenho, advindas também de análises de dados da performance, que possibilitam, através do debate entre todos, uma maior contextualização das observações individuais alinhadas ao seu modelo de jogo", completou.

Palmeiras