PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marcelo Bielsa diz que Guardiola "causou muitos danos ao futebol"

Marcelo Bielsa, técnico do Leeds United, que disputa a Premier League - George Wood/Getty Images
Marcelo Bielsa, técnico do Leeds United, que disputa a Premier League Imagem: George Wood/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/10/2020 14h10

Classificação e Jogos

Treinador do Leeds United, Marcelo Bielsa é constantemente elogiado por Pep Guardiola e apontado pelo espanhol como uma das principais inspirações de sua carreira. O técnico argentino, no entanto, afirmou que seu colega espanhol 'causou muitos danos ao futebol', ainda que sem querer.

Bielsa elogiou o modo ofensivo de Guardiola construir suas equipes, mas disse que esta maneira de jogar provocou uma consequência: a invenção de sistemas para travarem o jogo.

"Eu acho que o Guardiola causou muitos danos ao futebol. Sem querer, ele proporcionou a invenção de sistemas para times se defenderem de seus times. Esse sistema é ficar com dez jogadores no próprio campo, atrás do círculo central. É um sistema para neutralizar os times do Guardiola, do Klopp, os que tentam jogar", declarou Bielsa em entrevista ao canal do DAZN no YouTube.

"Às vezes, a resposta é essa mesmo. Mas hoje é muito comum adotar esse sistema contra times considerados mais fortes. E isso é bem defensivo", continuou.

Elogios ao São Paulo de Telê Santana

Marcelo Bielsa era o treinador do Newell's Old Boys que enfrentou o São Paulo na final da Copa Libertadores da América em 1992 - vencida pelo time brasileiro. O técnico argentino tem na mente a escalação completa do time paulista, que ele classificou como extraordinário.

Bielsa também rasgou elogios a Telê Santana, treinador do São Paulo naquela final. O técnico argentino afirmou que Telê tinha uma mente superior e que foi um grande treinador.

"O Telê Santana era uma mente superior, um grande treinador. Jogamos contra o São Paulo na final. Era uma equipe única, extraordinária e perdemos nos pênaltis. Não era impossível ganhar. Ganhamos em Rosário. A gente não era melhor que o São Paulo. Depois da vitória em Rosário por 1 a 0, eu percebi que a torcida não comemorou muito. Eles sabiam que não seria suficiente. Eles eram tão bons que 1 a 0 não era suficiente. Ainda conseguimos levar a decisão para os pênaltis", completou Bielsa.

Esporte