PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Marcelo Bielsa fez retiro no Brasil com direito a flagra em McDonald's

Alex Dodd - CameraSport via Getty Images
Imagem: Alex Dodd - CameraSport via Getty Images

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

03/05/2020 04h00

Imagine a cena: você na fila do McDonald's em um país estrangeiro e quando olha, vê o ex-treinador da seleção entre mesas e cadeiras. A cena aconteceu com Marcelo Bielsa, em Gramado, no começo de 2016. Atual treinador do Leeds-ING, o argentino que é mentor de Jorge Sampaoli, comandante do Atlético-MG, fez retiro com a família no interior do Rio Grande do Sul por mais de um mês e a viagem ainda teve visita surpresa ao CT do Grêmio.

A passagem de Bielsa pelo Brasil faz jus ao apelido de 'loco'. Com paradas inesperadas e mistérios que compõe bem a visão externa do ex-jogador e ídolo do Newell's Old Boys.

"Eu não quis acreditar quando vi aquilo. O Bielsa, em Gramado! No McDonald's! E ninguém reconheceu ele", conta Martin Cornejo, argentino que também estava de férias no Brasil.

Cornejo reconheceu e pediu para tira foto. Tirou. E também ouviu que o ex-treinador da seleção argentina e chilena já estava na Serra Gaúcha há semanas. O motivo era um retiro familiar e a estadia ficou quase que escondida por completo. Quase.

A gira brasileira terminou em Porto Alegre com outra história pitoresca que veio a público.

Em 13 de janeiro de 2016, Roger Machado estava no CT do Grêmio estudando a semana de trabalho e recebeu uma ligação. O telefone era da portaria com mensagem que não fazia sentido. Os seguranças do clube informavam que "um tal Marcelo Bielsa" estava em frente ao local e queria entrar. Sem aviso prévio. Sem hora marcada. Nenhuma cerimônia.

Roger duvidou, quem estava por perto também. Mas era real. Entre a ligação e o surgimento do gringo de cara fechada, olhos claros e abrigo de tio fanático por um sofá no domingo à tarde, houve confusão geral. As coisas não se conectavam. Mas Bielsa estava ali.

O treinador argentino e o ex-lateral do Grêmio conversaram em particular, depois rodaram pelo interior do centro de treinamentos. Foram tietados por funcionários e a visita surpresa foi esclarecida em partes: Marcelo Bielsa estava pronto para deixar o Brasil, mas chegou cedo demais no aeroporto. O voo ainda iria demorar para decolar e então, ouviu que por perto estavam as instalações do clube que revelou Ronaldinho Gaúcho. Não pensou duas vezes e tomou um táxi para conhecer o lugar.

Marcelo Bielsa chegou a flertar com trabalhos no Brasil, mais de uma vez. A tentativa recente foi do Santos, em 2013. Antes de assumir o Leeds United, o argentino passou por Marseille, Lazio e Lille. Aos 64 anos, foi a grande inspiração de Jorge Sampaoli no início de carreira.

Futebol