PUBLICIDADE
Topo

Por que é improvável que Hulk troque o futebol chinês mesmo em 2021

Hulk, do Shanghai SIPG, é uma das estrelas do Campeonato Chinês - AFP
Hulk, do Shanghai SIPG, é uma das estrelas do Campeonato Chinês Imagem: AFP

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

04/04/2020 04h00

O sonho do Palmeiras e dos demais clubes de contratar Hulk no início de 2021 está mais distante. De acordo com a apuração do UOL Esporte, o contrato do jogador com o chinês Shanghai SIPG FC, que vai até o fim deste ano, tem uma cláusula que prevê que, se nenhuma das partes se manifestar, o vínculo será renovado automaticamente. Ou seja, a tendência é de ele não estar livre no mercado da bola ao fim desta temporada.

Até o momento, não houve qualquer sinalização divergente à prorrogação — pelo contrário. Os chineses estão satisfeitos com o jogador e, como não tem ainda uma previsão de quando o campeonato nacional será retomado por causa da pandemia do coronavírus, não há motivos para mudarem de postura.

O brasileiro, por sua vez, mostra disposição para ficar no clube — tanto que fretou um avião para retornar à China, mesmo neste período de epidemia mundial. Agora, ele e o compatriota Oscar estão em quarentena, após terem desfrutado do período de férias no Brasil. A equipe, porém, volta a treinar na próxima semana. Assim que forem liberados, os dois também retomam a rotina.

Aos 33 anos, Hulk é um dos principais destaques do futebol chinês. O atacante está bem adaptado ao país e, nesse momento, não tem desejo de voltar a atuar no Brasil. O Palmeiras, porém, não esconde que gostaria de contar com o jogador em sua equipe no futuro.

Palmeiras