PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Atlético-MG faz jogo ruim e é eliminado para o Afogados na Copa do Brasil

Galo voltou a jogar mal, não conseguiu vencer no tempo normal e foi eliminado nos pênaltis - Bruno Cantini / Agência Galo
Galo voltou a jogar mal, não conseguiu vencer no tempo normal e foi eliminado nos pênaltis Imagem: Bruno Cantini / Agência Galo

Do UOL, em Belo Horizonte

26/02/2020 23h49

Classificação e Jogos

O Atlético-MG empatou por 2 a 2 com o Afogados-PE no estádio Vianão, pela segunda rodada da Copa do Brasil 2020, e foi eliminado nos pênaltis por 7 a 6. O Galo teve que buscar o empate duas vezes no jogo. Candinho abriu o placar, e Gabriel igualou. Philip ampliou para o mandante, que já tinha um a menos em campo, e Ricardo Oliveira empatou o confronto.

Com o resultado, o time de Pernambuco aguarda o sorteio da CBF para descobrir quem será o seu rival na fase seguinte da competição nacional.

O melhor: Candinho

O meia-atacante foi substituído aos 24 minutos do segundo tempo para a entrada de Willian Gaúcho. Sua atuação, contudo, foi a melhor em campo. Ele criou boas chances no primeiro tempo por meio de contra-ataques e também foi responsável por balançar as redes adversárias. A sua saída foi por causa da expulsão de Márcio.

O pior: Iago Maidana

O zagueiro até fez uma partida razoável no Pernambuco. Porém, foi ele quem falhou na jogada que culminou no gol de Candinho, no segundo tempo do confronto. Ele não conseguiu parar o adversário que terminou em celebração do mandante.

Gabriel marca, mas falha em gol do Afogados

Titular absoluto do time de Rafael Dudamel, o zagueiro Gabriel foi figura determinante na partida. Ele balançou a rede após cruzamento de Hyoran, no segundo tempo do confronto. Na sequência, ele tomou um corte de Philip e viu o time da casa marcar o segundo. O defensor falhou no lance, mesmo quando o Galo tinha um a mais em campo.

Ricardo Oliveira encerra jejum de 15 jogos pelo Atlético-MG

Depois de 15 partidas sem marcar - ele não celebrava desde 10 de agosto passado, quando deixou o seu contra o Fluminense -, o atacante voltou a balançar a rede em um jogo do Atlético-MG. Ele igualou o marcador por 2 a 2 no segundo tempo em seu primeiro toque na bola. Ele havia entrado na vaga de Jair na ocasião.

Atlético-MG mantém três zagueiros, mas não tem repertório ofensivo

Com três zagueiros, formação usada na eliminação para o Unión, da Argentina, na Copa Sul-Americana 2020, o Atlético-MG teve dificuldades para criar jogadas diante do Afogados-PE. Os meio-campistas Allan, Jair, Hyoran e Rómulo Otero encontraram dificuldades para chegar ao gol defendido por Wallef. Franco Di Santo pouco apareceu no confronto disputado na noite de hoje, no estado nordestino.

Afogados-PE aposta em contra-ataques diante do Atlético-MG

Mesmo jogando em casa, o Afogados-PE passou a apostar em contra-ataques para enfrentar o Atlético-MG. O time mandante apostou na velocidade dos homens de frente, sobretudo de Candinho e Philip para levar perigo à meta defendida por Michael. Inclusive, em uma jogada iniciada pela dupla, o time levou perigo ao gol rival. Diego Ceará foi quem concluiu e, por pouco, não balançou a rede de Michael.

Pênaltis: Otero abriu o placar na primeira cobrança do jogo. Diego Ceará perdeu o pênalti. Ricardo Oliveira acertou a cobrança no segundo pênalti do Galo. Douglas Bomba também mandou para fora na disputa. Na sequência, Allan perdeu ao mandar nas mãos de Wallef. Thalison fez o primeiro do time da casa na disputa. Nathan perdeu o segundo do Galo. Willian Gaúcho igualou o marcador por 2 a 2. Savarino colocou os mineiros novamente em vantagem. Philip empatou o confronto por 3 a 3. Guga mandou na gaveta direita de Wallef. Rodrigou empatou em 4 a 4. Guilherme Arana fez para o Galo. Eduardo Erê fez o 5 a 5 no confronto. Igor Rabello fez para o time mineiro. Diego Teles empatou por 6 a 6. Gabriel mandou para fora. Heverton marcou o último e fez o 7 a 6 para o mandante.

Ficha técnica
Afogados-PE x Atlético-MG

Motivo: segunda fase da Copa do Brasil 2020
Local: Vianão, em Afogados (PE)
Data: 26 de fevereiro de 2020 (quarta-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior (DF) e Lehi Sousa Silva (DF)

Cartão amarelo: Márcio, Willian Gaúcho (Afogados); Allan, Gabriel (Atlético-MG)

Cartão vermelho: Márcio (Afogados); Hyoran (Atlético-MG)

Gols: Candinho - 17'/2ºT (1-0); Gabriel - 21'/2ºT (1-1); Philip - 28'/2ºT (2-1); Ricardo Oliveira - 33'/2ºT (2-2)

Afogados-PE: Wallef; Jader (Rodrigo), Márcio, Heverton e Thalison; Diego Teles, Douglas Bomba e Eduardo Erê; Candinho (Willian Gaúcho), Philip e Diego Ceará. Técnico: Pedro Manta.

Atlético-MG: Michael; Iago Maidana (Savarino), Gabriel e Igor Rabello; Guga, Jair (Ricardo Oliveira), Allan e Guilherme Arana; Hyoran, Otero e Franco Di Santo (Nathan). Técnico: Rafael Dudamel.

Futebol