PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Sérgio Noronha, ex-comentarista esportivo, morre aos 87 anos

Brunno Carvalho e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo e no Rio de Janeiro

24/01/2020 18h00

O ex-comentarista esportivo Sérgio Noronha morreu hoje (24), no Rio de Janeiro, aos 87 anos. A informação foi confirmada pela UOL Esporte com o Retiro dos Artistas, local em que ele morava desde 2018, e com o amigo Arnaldo Cezar Coelho. Ele morreu vítima de uma parada cardíaca.

Noronha estava internado em um hospital na Zona Sul do Rio de Janeiro desde a semana passada e estava muito debilitado. Ele sofria de Mal de Alzheimer.

O ex-comentarista da Globo foi levado ao Retiro dos Artistas pelo juiz de futebol aposentado e amigo de longa data Arnaldo Cezar Coelho, após o ex-comentarista de arbitragem da Globo solicitar ajuda pessoalmente ao ator e presidente da instituição, Stepan Nercessian.

Em contato com o UOL Esporte, Arnaldo Cezar Coelho lamentou a morte do amigo. "Uma pena. Acabo de chegar em Búzios, ia passar uns dias aqui e sou surpreendido com isso. Uma pena. Tristeza muito grande. Ele ficou uma semana no CTI, foi para o quarto nesta semana, mas acabou tendo a parada cardíaca. Terrível".

"A gente tentava sempre manter o Sérgio bem, ativo. No fim do ano passado, fiz dois grandes almoços no clube dos Marimbás (em Copacabana, zona sul do Rio). Um com amigos próximos, jornalistas da época dele, e outro com ex-namorada e esposas. Foi muito bacana. Quase uma despedida. Pena", completou.

Em julho do ano passado, Noronha concedeu uma entrevista ao UOL Esporte em que relembrou sua história na TV e falou sobre a vida no Retiro dos Artistas. O ex-comentarista não contava com nenhum familiar próximo e sofria com dificuldades financeiras.

O último momento da relação de Noronha com a empresa foi em 2011, quando comentou partidas através do canal Premiere, no sistema pay-per-view. Depois, o veterano acabou preterido por profissionais mais jovens.

Futebol