PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2019

Santos goleia, carimba faixa do Flamengo e garante o vice do Brasileirão

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

08/12/2019 17h52

Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos recebeu hoje (8) o Flamengo na Vila Belmiro e carimbou a faixa dos campeões. Com gols de Marinho, Sánchez (2) e Sasha, o alvinegro praiano goleou por 4 a 0 e terminaram a competição com o vice-campeonato.

Com o triunfo, os alvinegros quebraram uma sequência invicta de 29 jogos do Rubro-negro, sendo 24 deles no torneio nacional. Os donos da casa foram melhores durante todo o jogo e venceram com autoridade. Com muita aplicação e bom futebol, a equipe se sobrepôs ao oponente e mereceu o resultado do início ao fim.

De férias, o o Santos retoma suas atividades apenas em 2020. Campeão da Libertadores, o Flamengo encara ainda a disputa do Mundial de Clubes. Na próxima sexta (13), a delegação embarca para o Qatar, país que irá sediar a disputa.

Quem foi bem: Sánchez faz dois e comanda goleada

O volante Carlos Sánchez comandou a goleada santista sobre o campeão Flamengo. O meio-campista uruguaio marcou o segundo e o quarto gols do fim de tarde. No lance do primeiro tento de Sánchez, ele aproveitou recuo errado de Filipe Luís; no do segundo, acompanhou veloz contra-ataque santista do início ao fim, se infiltrou na grande área e bateu de primeira após cruzamento rasteiro.

Quem foi mal: Laterais em tarde para esquecer

Titular na Vila, Rodinei foi vencido no duelo particular com o venezuelano Soteldo, que levou vantagem em todas as jogadas pelo lado direito do ataque santista. Ante a marcação falha do camisa 2, o meia deitou e rolou sobre o rubro-negro. No lado esquerdo, Filipe Luís teve tarde para esquecer também. Com passes e escolhas erradas, o jogador foi muito mal contra os santistas, que se criaram pelo setor do jogador com muita facilidade.

Sem brilho! Gabigol reencontra o Santos e não vai bem

O artilheiro do Brasileiãro voltou ao gramado da Vila Belmiro, palco que o projetou para o futebol, e, assim como todo o time do Flamengo, teve atuação para lá de apagada na última rodada. O goleador pouco se mexeu e teve apenas uma chance mais clara de gol, mas foi parado por Éverson.

Santos: time ligado amassa o Flamengo

A despedida santista no Brasileirão foi um verdadeiro baile na Vila Belmiro. Ante os campeões da competição, os donos da casa impuseram um ritmo frenético e não deram chance para os cariocas. Com Soteldo, Marinho e Sánchez inspirados, os mandantes jogaram com muita aplicação e não deram chances de reação. A equipe demonstrou enorme dedicação e abusou das tabelas e triangulações.

Flamengo: time desconcentrado cai na Vila

Campeão da Libertadores e do Brasileirão, o Flamengo cumpriu seu último compromisso antes do embarque para o Mundial. Diante de um adversário interessado, o time sucumbiu e mostrou estar com a cabeça bem longe. Sem a intensidade habitual, a equipe foi presa fácil e pouco ameaçou o rival, que demonstrou muito mais apetite durante os 90 minutos.

Cronologia

Aos 14 minutos, Marinho abriu o placar. Sanchéz ampliou aos 22 minutos. Aos 17 minutos da etapa final, Sasha cabeceou e fez o terceiro. Aos 40, Sánchez liquidou a fatura.

Casa cheia

Na última rodada do Brasileirão, a torcida do Santos fez grande festa e encheu a Vila Belmiro. Dois dias antes de a bola rolar, todos os 11.500 bilhetes postos à venda já estavam esgotados.

Causa nobre

O Santos usou o espaço mais nobre se sua camisa para divulgar a causa do Hospital de Amor de Barretos, que cuida de pessoas com câncer.

Casório no gramado

Antes de a bola rolar, o volante Diego Pituca pediu a namorada em casamento. Além da tradicional aliança para fazer o pedido, o jogador utilizou uma camisa personalizada do clube com os dizeres: "Quer casar comigo?". Lidiana, agora futura esposa de Pituca, está grávida de dois meses.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 4 X 0 FLAMENGO

Data: 08/12/2019 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos (ambos do PR)
Árbitro de vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Gabigol, Filipe Luís, Rodinei (FLA)
Cartões vermelhos:
Gols: Marinho, aos 14 minutos do primeiro tempo; Sánchez, aos 22 minutos do primeiro tempo; Sasha, aos 17 minutos do segundo tempo; Sánchez, aos 39 minutos do segundo tempo

SANTOS: Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison (Jobson), Carlos Sánchez e Diego Pituca; Marinho, Soteldo e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Rodrigo Caio, Marí e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta (Diego); Bruno Henrique (Vitinho) e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus