Topo

Bahia faz no fim, arranca empate com a Chape em casa, mas segue sem vencer

Do UOL, em São Paulo

06/11/2019 23h28

O Bahia arrancou um empate por 1 a 1 com a Chapecoense na noite de hoje (6), na Fonte Nova. O gol da igualdade foi marcado nos minutos finais pelo meia Marco Antônio. O atacante Henrique Almeida abriu o placar ainda no primeiro tempo.

Apesar do gol salvador, o Bahia segue sem vencer nos últimos cinco jogos do campeonato. São três derrotas e dois empates. Com o resultado de hoje, a equipe de Roger Machado fica na nona colocação, com 43 pontos, a cinco do Corinthians, o primeiro da zona da Libertadores.

Já a Chapecoense chega à marca de 22 pontos. A oito rodadas do fim do Brasileirão, o time está no 19º lugar, a 11 do Ceará, o primeiro fora da zona de rebaixamento e que entra em campo amanhã contra o Inter no Castelão.

O Bahia volta a campo no próximo domingo (10) para enfrentar o líder Flamengo. O jogo será no Maracanã, às 18h. No mesmo dia, às 19h, a Chapecoense recebe o Grêmio.

O melhor: Henrique Almeida

Embora tenha sido substituído no intervalo, o atacante da Chapecoense aproveitou uma das raras chances do time catarinense na partida. Bem colocado na pequena área, Henrique desviou uma bola de cabeça e fez o único gol do duelo.

O pior: Élber

O atacante do Bahia não conseguiu levar perigo à meta da Chapecoense. Pouco participativo, Élber deu lugar a Gilberto no intervalo. Na única finalização, mandou por cima do gol depois de uma jogada individual na área.

Chape abre o placar na bola parada

A Chapecoense esperou o Bahia nos primeiros minutos de jogo e viu o dono da casa ter mais posse de bola. Aos poucos, o time catarinense conseguiu segurar o ímpeto baiano. Na bola parada, a Chape conseguiu abrir o placar na Fonte Nova logo aos 13 minutos de jogo.

Bahia vai à frente e dá contra-ataque à Chape

Depois de sofrer o gol, o Bahia se lançou ao ataque e em alguns momentos até cedeu o contra-ataque à Chapecoense. No segundo tempo, com as alterações feitas por Roger Machado, o time da casa aumentou a pressão e quase empatou em chute de Gilberto defendido pelo goleiro João Ricardo.

Susto na Fonte Nova

O zagueiro Rafael Pereira sofreu uma forte pancada na região do rosto no fim do primeiro tempo. Segundo a assessoria da Chapecoense, o atleta foi avaliado pelo departamento médico ainda no vestiário e em seguida levado ao hospital para maiores avaliações. O jogador passa bem.

Bahia pressiona e faz no fim

Aos 25 minutos do segundo tempo, Roger Machado lançou o meia Guerra no lugar do volante Flávio. O Bahia, então, começou a pressionar a Chapecoense com posse de bola no campo de ataque. Em dois minutos, perdeu gols com Gilberto e Guerra. Pouco depois, porém, Marco Antônio foi às redes - no lance, o meia arriscou de longe e conseguiu deslocar o goleiro.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 x 1 CHAPECOENSE

Data: 6 de novembro de 2019, quarta-feira
Competição: Campeonato Brasileiro (31ª rodada)
Local: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Público: 16.836
Renda: R$ 175.076,50
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Luis Marques (ambos de SP)
Árbitro de vídeo: Marielson Alves Silva (BA)
Cartões amarelos: Arthur Caíke (Bahia); Douglas e Roberto (Chapecoense)
Cartão vermelho: Renato (Chapecoense)

Gols: Henrique Almeida, aos 13 minutos do primeiro tempo, e Marco Antônio, aos 39 minutos do segundo tempo

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio (Guerra) e Marco Antônio; Élber (Gilberto), Artur e Fernandão (Arthur Caíke). Técnico: Roger Machado

CHAPECOENSE: João Ricardo; Renato, Rafael Pereira (Hiago), Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Vini Locatelli (Augusto); Roberto, Henrique Almeida (Dalberto) e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos

Bahia