PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Guerrero sangra, se irrita com arbitragem e é expulso no Maracanã

Paolo Guerrero, durante partida entre Internacional e Flamengo - Thiago Ribeiro/AGIF
Paolo Guerrero, durante partida entre Internacional e Flamengo Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

25/09/2019 22h40

O atacante Paolo Guerrero jogou menos de 45 minutos pelo Inter contra o Flamengo, sua ex-equipe. Ele foi expulso nos minutos finais do primeiro tempo após um choque com o zagueiro Rodrigo Caio. O peruano se irritou em campo, protestou veementemente contra a arbitragem, fazendo gestos obscenos. Que resultaram em reação imediata do Luiz Flávio de Oliveira, na noite desta quarta-feira (25), pelo Campeonato Brasileiro.

Guerrero subiu para dividir um lance com Rodrigo e Willian Arão. Acabou acertando a cabeça do zagueiro com o rosto e sofreu um corte. No chão, já havia começado a reclamar muito, com parte da face coberta por sangue. O defensor flamenguista precisou de uma proteção na cabeça para voltar a campo.

Não foi o primeiro ato de destempero do peruano na partida. Poucos minutos antes ele havia recebido uma entrada também de Rodrigo Caio dentro da área, não conseguiu concluir e reclamou um pênalti. Nada foi marcado. Guerrero saiu de campo para receber atendimento depois desse lance e, enquanto estava fora, teve atenção chamada por Patrick, que pedia seu retorno. Logo ao voltar, ocorreu a dividida pelo alto

Ao receber o vermelho, Guerrero não aceitou sair de campo e foi em direção ao árbitro, mostrou o rosto sangrando. Fez o mesmo para as câmeras de transmissão da partida. Irritados, os jogadores do Inter também reclamaram muito, até que atletas de ambos os times começaram a trocar empurrões. Reservas entraram em campo, assim como o técnico rubro-negro, Jorge Jesus. A partida ficou parada por alguns minutos.

O trabalho do árbitro já havia gerado descontrole gaúcho quando ele marcou um pênalti de Bruno em cima de Gabigol. Luiz Flávio de Oliveira ainda expulsou o lateral direito. O Flamengo abriu o placar com seu artilheiro.

Internacional