PUBLICIDADE
Topo

Neymar depõe à polícia por suposta agressão a torcedor na Copa da França

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris (França)

24/09/2019 14h51

Neymar prestou depoimento à Polícia Francesa na tarde de hoje (24) por conta da suposta agressão a um torcedor na final da Copa da França, diante do Rennes, em abril. Segundo apurou o UOL Esporte, o brasileiro já estava convocado há algum tempo por conta de um processo movido pelo homem, que recebeu um soco durante a cerimônia da entrega das medalhas da competição.

Em virtude do depoimento ocorrido durante o dia, Neymar teve a permissão do PSG para se atrasar ao treinamento realizado nesta terça-feira. Ele passou mais horas na Polícia em Paris do que o previa, de acordo com apuração da reportagem.

O espectador que recebeu um soco de Neymar após a derrota do Paris Saint-Germain contra o Rennes nos pênaltis apresentou no mês passado uma queixa contra o atacante por violência.

O vídeo da agressão de Neymar foi amplamente divulgado nas redes sociais. Após a derrota, o brasileiro reagiu contra um espectador quando ia receber sua medalha de prata.

"Você, aprende a jogar futebol!", disparou o torcedor, a quem Neymar respondeu com um soco rosto.

Em outros vídeos é possível ver o mesmo torcedor fazendo comentários ofensivos e inclusive lançando insultos a outros jogadores do Paris Saint-Germain.

"Estou errado? Estou. Mas ninguém tem sangue de barata", reconheceu no Instagram o brasileiro, que foi punido com três partidas de suspensão.

Esporte