Topo

Chapecoense envia representantes ao RS para negociar com técnico Lisca

Lisca está sem clube desde abril, quando foi demitido do Ceará - Gabriel Machado/AGIF
Lisca está sem clube desde abril, quando foi demitido do Ceará Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Marcello De Vico e Thiago Fernandes

Do UOL, em Santos e Belo Horizonte

10/09/2019 16h47

A Chapecoense enviou representantes a Porto Alegre para se reunir com Lisca Doido e apresentar uma oferta para a vaga de Emerson Cris, ainda considerado interino do clube. A ideia é voltar do Rio Grande do Sul com o acordo sacramentado.

Sem trabalhar desde abril deste ano, quando foi demitido do Ceará após perder a final do Estadual para o Fortaleza, o treinador de 47 anos se encontrará com a diretoria da Chape para um jantar na noite de hoje (10). A ideia é que ele chegue para salvar o time de um rebaixamento inédito em sua história.

Os representantes foram de carro a Porto Alegre para o encontro com o comandante. A viagem de 454 quilômetros dura mais de seis horas. O grupo deixou o interior de Santa Catarina pouco depois do almoço e tem chegada prevista para o início da noite de hoje.

Na sequência, a comitiva da Chapecoense se reunirá com Lisca em um restaurante da capital gaúcha para apresentar a nova proposta ao treinador. A intenção é se acertar com o técnico e anunciá-lo até amanhã (11) como novo treinador.

A Chapecoense está com o interino Emerson Cris no comando desde o fim de julho, quando Ney Franco foi demitido do cargo. O time de Chapecó vem de duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, a última delas para o CSA, e hoje ocupa a vice-lanterna da tabela, com apenas 14 pontos em 18 rodadas.

A expectativa da diretoria da Chape é que Lisca já faça a sua estreia no sábado (14), quando a equipe catarinense recebe o Vasco na Arena Condá, às 19h, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Mais Chapecoense