Topo

Brasileirão - 2019


Na estreia de Mano, Palmeiras consegue virada contra o Goiás nos acréscimos

Do UOL, em São Paulo

07/09/2019 23h03

Na estreia do técnico Mano Menezes, o Palmeiras conseguiu uma virada no último minuto do jogo contra Goiás na noite de hoje (7), no Serra Dourada, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória por 2 a 1 encerrou uma sequência de sete jogos seguidos sem vitória na competição -- o último triunfo havia sido contra o Avaí no dia 13 de junho.

O Palmeiras buscou a vitória nos acréscimos com Gustavo Scarpa. Antes disso, Rafael Vaz havia marcado para o Goiás e Willian anotou o gol de empate. Com o resultado, o Palmeiras sobe para a terceira posição, com 33 pontos - seis a menos que o líder Flamengo. O Goiás, com 21, está em 14º. Veja aqui a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras volta a campo na terça-feira (10), contra o Fluminense, em jogo atrasado da 16ª rodada. O próximo compromisso do Goiás no Brasileiro é contra o Grêmio, domingo (15), em Porto Alegre.

Cronologia do jogo

Após um início bastante equilibrado, o Goiás contou com um lance de rara felicidade para sair na frente do placar. Aos 19 minutos do primeiro tempo, Rafael Vaz acertou um belo chute de longe e surpreendeu o goleiro Jailson para colocar o time da casa em vantagem. Atrás no placar, o Palmeiras passou a sair mais para o ataque, mas não conseguiu igualar antes do intervalo. Luiz Adriano chegou até a empurrar a bola para gol em um lance de cruzamento, mas a arbitragem de vídeo anulou o lance, marcando falta do atacante.

No segundo tempo, o VAR voltou a entrar em ação em um lance de gol do Palmeiras, mas desta fez o final foi feliz para os alviverdes. Willian recebeu com liberdade de Gustavo Scarpa aos 36 minutos e completou para o gol. Inicialmente, o impedimento havia sido anotado, mas a revisão validou o gol de empate. A virada saiu aos 55 minutos, quando Gustavo Scarpa aproveitou sobra dentro da área, em lance com a participação de Vitor Hugo e Borja, e anotou o gol da vitória.

O melhor: Gustavo Scarpa

O meia Gustavo Scarpa foi decisivo ao anotar o gol que garantiu a virada heroica do Palmeiras na noite de hoje. O jogador conseguiu colocar o time na frente no último minuto, em um momento que a equipe já contava com dez jogadores por conta da expulsão de Lucas Lima. Ele ainda foi o responsável pelo lançamento para Willian no primeiro gol.

O pior: Lucas Lima

Lucas Lima teve dois minutos para esquecer. O jogador entrou em campo aos 17 minutos na vaga de Ramires e surpreendeu. Era sua primeira partida em dois meses e ele conseguiu fazer o Palmeiras se movimentar melhor, coordenando as ações do meio-campo. Mas, aos 43 minutos do segundo tempo, ele levou o primeiro cartão amarelo, ao parar um contra-ataque. Depois, deixou a bola escapar e deu um carrinho feio em Michael. O cartão vermelho aos 45 minutos veio em momento ruim para o Palmeiras, que sufocava o Goiás em busca do empate. A expulsão deve piorar ainda mais sua relação turbulenta com a torcida alviverde.

Tadeu deixa campo de ambulância

Um lance preocupante marcou o início do segundo tempo. O goleiro Tadeu e o meia Zé Rafael se chocaram em disputa de bola e caíram desacordados no gramado. O choque entre os atletas aconteceu aos sete minutos da etapa final. Os dois caíram imediatamente sem consciência no campo e precisaram receber atendimento médico. Zé Rafael conseguiu deixar o gramado caminhando com dificuldades, mas Tadeu deixou o Serra Dourada de ambulância.

Pouco depois de retomar a consciência, Tadeu tentou retirar o colar cervical para seguir na partida. Os médicos, no entanto, seguiram com o procedimento e retiraram o jogador para a realização de exames em um hospital. A assessoria de imprensa do Goiás informou que o jogador está consciente e enviou uma mensagem de áudio em que o próprio atleta dizia que estava bem.

VAR contra e a favor

O Palmeiras viveu dois momentos opostos com o árbitro de vídeo. Primeiro com um gol anulado de Luiz Adriano na etapa inicial. A arbitragem entendeu que o atacante empurrou o adversário em disputa de bola pelo alto. No segundo tempo, porém, o desfecho foi diferente. Quando foi anotado impedimento no gol de Willian, o vídeo fez a revisão e validou o empate. Nos acréscimos, mais um momento de ajuda do VAR, que precisou checar a jogada do gol de Scarpa.

Mano muda escalação e vê Palmeiras sofrer até o fim

Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF
Na primeira partida no comando do Palmeiras, o técnico Mano Menezes promoveu mudanças no time titular. Entre as novidades, o time contou com as entradas de Jaílson, Ramires e Zé Rafael na equipe que começou o jogo deste sábado.

Apesar das mudanças, o novo treinador viu um time pouco inspirado no primeiro tempo. Apesar de mais posse de bola, a equipe não conseguiu criar o suficiente para sair em vantagem. Nas poucas oportunidades, parou em Tadeu - primeiro em chute cara a cara de Luan e depois em finalização cruzada de Dudu. No segundo tempo, o Palmeiras melhorou a postura, lutou bastante e brigou pela vitória mesmo quando estava com um jogador a menos.

Alan Ruschel estreia e usa camisa 28

Além de Mano Menezes do lado do Palmeiras, o Goiás também contou com uma estreia nesta noite: Alan Ruschel fez a sua primeira partida pelo time goiano. Curiosamente, o jogador usou a camisa 28 - mesmo dia do acidente da Chapecoense.

Palmeiras encerra jejum

O Palmeiras encerrou hoje uma sequência bastante negativa no Brasileiro. A equipe não vencia na competição desde antes da parada para a Copa América. O último triunfo aconteceu em 13 de junho, quando superou o Avaí por 2 a 0. De lá para cá, a equipe somava sete jogos seguidos sem triunfo - cinco empates e duas derrotas.

Além disso, foi a primeira virada do Palmeiras desde desde 2018, quando venceu o São Paulo por 3 a 1.

FICHA TÉCNICA
Goiás 1 x 2 Palmeiras

Data e hora: 7 de setembro de 2019, às 21h (de Brasília)
Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Árbitro: Wagner Reway (PB-Fifa)
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto (SE) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
VAR: Rodolpho Toski Marques (PR-Fifa)

Cartões amarelos: Marcelo Hermes, Gilberto Jr., Léo Sena, Renatinho e Alan Ruschel (Goiás); Mano Menezes (Palmeiras)

Cartão vermelho: Lucas Lima (Palmeiras)

Gol: Rafael Vaz (Goiás), aos 19 minutos do primeiro tempo; Willian (Palmeiras), aos 36 minutos do segundo tempo, e Gustavo Scarpa (Palmeiras), aos 55 minutos do segundo tempo.

GOIÁS
Tadeu (Marcos); Yago Felipe (Daniel Guedes), Rafael Vaz, Fábio Sanches e Marcelo Hermes; Alan Ruschel (Jefferson), Léo Sena, Gilberto Jr. e Renatinho; Michael e Kayke. Técnico: Ney Franco.

PALMEIRAS
Jailson; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Ramires (Lucas Lima), Bruno Henrique, Gustavo Scarpa e Zé Rafael (Willian); Dudu e Luiz Adriano (Borja). Técnico: Mano Menezes.