Topo

Grêmio fixa Geromel como capitão após apelo de Maicon: "Pediu descanso"

Geromel (à direita na foto) retoma a braçadeira no Grêmio - Pedro H. Tesch/AGIF
Geromel (à direita na foto) retoma a braçadeira no Grêmio Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

22/08/2019 04h00

Pedro Geromel é o novo (velho) capitão do Grêmio. O zagueiro, que já ficou com a braçadeira em outros momentos, foi fixado como líder em campo nas últimas semanas e em consequência de um pedido feito por Maicon. O volante, então dono da faixa, pediu para deixar o cargo após se sentir perseguido pela arbitragem, segundo Renato Gaúcho.

Geromel foi capitão do Grêmio nos jogos contra Athletico, pela semifinal da Copa do Brasil, e Palmeiras, nas quartas de final da Libertadores. E seguirá assim.

"Eu tive uma conversa com o Maicon. Ele acha que os árbitros estão pegando muito no pé dele por ser o capitão, por estar à frente das coisas, por estar a toda hora procurando o bem da equipe. Falou que estava cansado, recebendo muitos cartões. Eu troquei, botei o Geromel. Resumindo: ele (Maicon) pediu descanso da braçadeira", disse Renato Gaúcho.

Maicon e Geromel chegaram a fazer rodízio da capitania entre 2016 e 2018. Na atual temporada, no entanto, o cargo esteve sempre com o volante.

"A gente tem revezado bastante, eu e o Maicon somos algumas das lideranças do grupo e coube a mim ser capitão nos últimos jogos", afirmou Geromel.

O Grêmio volta a campo no sábado, diante do Athletico, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será disputada por um time alternativo, e os titulares atuarão outra vez na terça-feira, contra o Palmeiras, pela Libertadores, quando Geromel será de novo o capitão da equipe.