Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Vital deve ser titular no Corinthians, que tem dúvida entre Boselli e Love

Mateus Vital, do Corinthians, comemora seu gol durante partida contra o Chapecoense pela Copa do Brasil 2019 - Marcello Zambrana/AGIF
Mateus Vital, do Corinthians, comemora seu gol durante partida contra o Chapecoense pela Copa do Brasil 2019 Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Flavio Latif e Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/08/2019 11h55

O Corinthians voltou a treinar hoje de manhã, no CT Joaquim Grava. Apesar de o técnico Fábio Carille não esboçar a equipe titular, foi possível visualizar ao longo das atividades realizadas que o comandante pode já ter um time em mente para enfrentar o Fluminense, na quinta-feira (22), na Arena Corinthians, às 21h30, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana.

Esta equipe seria a seguinte: Cássio; Fagner, Gil, Manoel e Danilo Avelar; Gabriel; Junior Urso, Pedrinho, Mateus Vital e Clayson; Boselli (Vagner Love).

A maior dúvida é justamente o atacante de referência. O centroavante argentino acumulou boas atuações nos últimos jogos, no entanto, Vagner Love também agrada Carille e revezou com Boselli uma posição no ataque titular durante o treino técnico de transições defensivas e ofensivas.

Mateus Vital foi titular na vitória corintiana por 2 a 0 contra o Botafogo e teve boa atuação. O meia revelado pelo Vasco deve ter nova oportunidade entre os onze iniciais contra o Fluminense, já que treinou com o ataque principal das últimas partidas. Ele ganharia a disputa com Sornoza.

Na primeira parte do treino de hoje, Carille alinhou a defesa com Fagner, Gil, Manoel e Danilo Avelar. Depois, deu mais foco ao setor ofensivo com Gabriel, Pedrinho, Júnior Urso, Mateus Vital, Clayson e primeiro Boselli, depois Vagner Love. Love começou o dia em um trabalho específico de finalizações com Lucas Piton e depois que entrou no ataque titular foi substituído por Gustavo.

Após os treinos técnicos, alguns jogadores treinaram cobranças de falta: Clayson, Pedrinho, Mateus Vital, Régis e Jadson. Clayson teve o melhor aproveitamento entre os cinco e mostrou-se uma boa alternativa para o Alvinegro encerrar o jejum de mais de um ano - quando Jadson fez o último gol de falta do Timão, em partida contra a Chapecoense, válida pela Copa do Brasil do ano passado. Além disso, Renê Júnior e Matheus Jesus participaram de uma atividade de rebatidas sob o comando de Fabinho, auxiliar de Carille.

O Corinthians volta a treinar amanhã na parte da tarde, mas com atividade fechada à imprensa. É o último treino antes da equipe enfrentar o Tricolor carioca.