Topo

Futebol


Neymar jogava futebol até com caixinha de papel, lembra ex-colega de escola

Astro do PSG ganhou bolsa de estudos em escola na infância, graças ao talento com a bola - @SantosFC/Twitter
Astro do PSG ganhou bolsa de estudos em escola na infância, graças ao talento com a bola Imagem: @SantosFC/Twitter

Do UOL, em São Paulo

12/07/2019 16h07

Se você jogava ou joga futebol nos intervalos de aulas, certamente já teve que improvisar. Chutar lata, bola de meia, bola de papel, tampinha de garrafa... Só não vale ficar sem jogar.

Bem, você está em companhia estrelada nesse quesito. Em sua época de escola, Neymar também precisou recorrer a outros objetos para jogar futebol. Quem garante é Rodolfo, colega do hoje astro do Paris Saint-Germain nos tempos de estudante em Santos.

"O Neymar ficava louco para jogar bola no recreio. Ele pegava caixinha de papel vazia ou qualquer coisa que virasse uma bola. Mesmo improvisado, rolava grande rivalidade no recreio", contou, em entrevista ao site da Red Bull.

Os dois estudaram juntos em uma escola particular, na qual Neymar ganhou bolsa de estudos aos 12 anos graças ao talento com a bola nos pés. Fora da escola, porém, a dedicação ao futebol continuava: em casa, era hora de treinar chutes entre as pernas de uma cadeira.

"A gente tinha que jogar a bola na parede, matar no peito e chutar com a esquerda. Depois, fazia a mesma coisa com a perna direita. Tinha que ser bom com as duas pernas", lembra Dudu, também amigo de infância e companheiro de jornadas de vídeo-game.

"Geralmente, o pessoal escolhe times europeus no controle. Mas o Neymar jogava com times do Brasil. Jogava com o Vasco, com o Fluminense", completou.

Mais Futebol