Topo

Seleção Brasileira


Arthur brinca com treino de Tite: "Não aguento mais ouvir acerta a casinha"

Arthur, durante treino da seleção brasileira antes da Copa América - Lucas Figueiredo/CBF
Arthur, durante treino da seleção brasileira antes da Copa América Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Danilo Lavieri, Marcel Rizzo, Marinho Saldanha e Pedro Lopes

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

26/06/2019 19h32

Você já ouviu falar em "acerta a casinha?". A expressão é uma das mais repetidas por Tite durante os treinamentos da seleção brasileira e tem sido cada vez mais falada desde a estreia da Copa América, quando o time não chutou tanto no gol da Bolívia quanto o treinador gostaria, apesar de o placar ter terminado em 3 a 0.

O comandante tem falado tanto do tema que Arthur até brincou com a repetição dos pedidos hoje, em coletiva de imprensa.

"Seria muito bom fazer o gol aqui (Arena Grêmio) amanhã. Eu sei que não é a minha principal função, mas tenho me cobrado disso. A comissão também pega no pé. Acerta a casinha! Acerta a casinha! Não aguento mais ouvir acerta a casinha!", disse Arthur aos risos ao lado de Tite e Cleber Xavier.

"Eu estou me cobrando mais, pisando mais na área e quero acertar os chutes. Se eu fizer o gol amanhã, vai ser inesquecível", completou o meio-campista.

Arthur terá a companhia de Allan e Philippe Coutinho no jogo de amanhã. A presença do meio-campista do Napoli no setor muda um pouco o time, mas Tite já avisou que a orientação é para que os atletas se adaptem sem mudar o sistema de jogo.

"Desde o começo na Granja a gente está atuando neste sistema e continuamos acreditando no que o professor tem nos passado. A nossa evolução tem sido muito boa. Sendo o segundo homem de meio, eu tenho a liberdade para buscar a bola um pouco mais atrás, tentar achar o passe e furar a linha adversária. E até acertar a casinha!", completou.

O Brasil encara o Paraguai amanhã a partir das 21h30, pelas quartas de final da Copa América. O jogo será disputado na Arena Grêmio, que tem sofrido com as condições do gramado. Na coletiva de hoje, ninguém quis comentar a situação do terreno da partida.

Seleção Brasileira