PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2019

Protesto da torcida do São Paulo antes de jogo acaba em briga e 57 detidos

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

02/06/2019 16h15

Apesar das arquibancadas vazias no Pacaembu, os momentos que antecederam o empate em 1 a 1 entre São Paulo e Cruzeiro hoje, pelo Campeonato Brasileiro, foram tensos. Integrantes de organizada protagonizaram uma briga e foram repreendidos pela Polícia Militar na praça Charles Miller. Ao todo, 57 pessoas foram detidas.

Antes, alguns tricolores se aventuraram na chuva para ir até a porta do estádio protestar contra o time e a diretoria do clube. Um grupo com cerca de 200 tricolores esperou a chegada do ônibus com a equipe do técnico Cuca.

Assim como aconteceu na manifestação de ontem, em frente ao CT da Barra Funda, os principais alvos de críticas foram o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e o executivo de futebol, Raí. Entre os jogadores, Hudson, Reinaldo, Nenê e Jucilei foram xingados.

O São Paulo está sob pressão após ser eliminado da Copa do Brasil, nas oitavas de final, pelo Bahia, na última quarta-feira. A equipe disputará agora apenas o Brasileirão até o fim deste ano.