Topo

Seleção Brasileira


Convocados, Cássio e Fagner admitem "pressão muito grande" sobre seleção

Arthur Sandes e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo

17/05/2019 11h56

A seleção brasileira terá dois representantes do Corinthians na Copa América, escolhidos por Tite na manhã de hoje. Cássio e Fagner deram entrevista coletiva no CT Joaquim Grava celebrando a convocação e admitindo que o Brasil chega bastante pressionado à competição.

"Tratando-se do Brasil, haveria pressão mesmo se tivesse ganhado a Copa do Mundo", opina Cássio, que está na lista de goleiros junto a Alisson (Liverpool) e Ederson (Manchester City). "Pelo nível dos jogadores convocados, todos com destaque, há uma pressão muito grande. Mas o que se vê muito, é como no Corinthians: pressão muito grande, mas tranquilidade interna para se preparar e fazer o melhor. É um pouco diferente jogar no nosso país, mas são jogadores experientes, temos tudo para fazer uma grande Copa América", projeta o camisa 12 corintiano.

Fagner mantém a mesma linha de raciocínio, ciente de que jogar a Copa América em casa terá prós e contras para o Brasil de Tite. "Para uma seleção de peso, é fundamental vencer tudo. Mas sabemos que o futebol evoluiu muito, as seleções evoluíram tecnicamente e taticamente. Haverá pressão de fora para dentro, mas não podemos deixar isso influenciar", alerta o lateral, que terá a companhia de Daniel Alves no lado direito da defesa canarinho.

Segundo informado pelo coordenador técnico da seleção brasileira, Edu Gaspar, a dupla se apresenta apenas em 5 de junho. Desta forma, ambos ficam liberados a atuar pelo Corinthians até 4 de junho, data da decisão contra o Flamengo nas oitavas de final da Copa do Brasil. Eles serão desfalque nos jogos contra Cruzeiro e Santos, pelas rodadas 8 e 9 do Brasileirão.

"Surpresa" depois do treino no Corinthians

A dupla vivia expectativa de ser convocada, mas não foi avisada previamente pelo técnico Tite. Ambos só descobriram que iriam à Copa América assistindo pela televisão, minutos após o final do treino do Corinthians. "Não sabia nada; foi ao vivo. Estava um nervoso do caramba ali", admitiu Fagner na coletiva, seguido por Cássio.

"Tinha acabado o treino, estava vendo [a convocação] com os companheiros. A gente fica feliz também pela felicidade dos companheiros. É muito legal receber um abraço de todas as pessoas do Corinthians, ver a felicidade dos outros", comemora o goleiro. "Nos sentimos muito queridos por todos. É legal, porque a gente vai também para representar o clube, e foram eles quem muitas vezes nos deram forças para melhorar. Sozinho você não chega a lugar nenhum", afirma.

Assista à íntegra da coletiva de Cássio e Fagner:

Veja os convocados da seleção para a Copa América:

Goleiros
Alisson (Liverpool)
Ederson (Manchester City)
Cássio (Corinthians)

Laterais
Daniel Alves (PSG)
Fagner (Corinthians)
Alex Sandro (Juventus)
Filipe Luís (Atlético de Madri)

Zagueiros
Thiago Silva (PSG)
Marquinhos (PSG)
Miranda (Inter de Milão)
Éder Militão (Porto)

Meio-campistas
Casemiro (Real Madrid)
Arthur (Barcelona)
Fernandinho (Manchester City)
Allan (Napoli)
Lucas Paquetá (Milan)
Philippe Coutinho (Barcelona)

Atacantes
David Neres (Ajax)
Richarlison (Everton)
Gabriel Jesus (Manchester City)
Roberto Firmino (Liverpool)
Neymar (PSG)
Everton (Grêmio)

Mais Seleção Brasileira