PUBLICIDADE
Topo

Carioca - 2019

Justiça recusa documentos de Vasco e PM e final será com portões fechados

Após muita polêmica e reviravoltas, clássico entre Fluminense e Vasco será sem torcedores - Divulgação/Fluminense
Após muita polêmica e reviravoltas, clássico entre Fluminense e Vasco será sem torcedores Imagem: Divulgação/Fluminense

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

17/02/2019 16h54

A Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) informou que a final da Taça Guanabara entre Vasco e Fluminense ocorrerá com os portões fechados. Havia uma dúvida sobre a liberação da entrada de torcedores até minutos antes da bola rolar. O presidente do Cruzmaltino, Alexandre Campello, e a Polícia Militar emitiram nota se responsabilizando pela realização do evento, mas a Justiça recusou os documentos.

Com isso, os torcedores do Vasco que compareceram ao Maracanã ficaram barrados nos portões. O presidente Alexandre Campello lamentou a decisão da Justiça e mostrou temor com a segurança dos torcedores. Ele pediu para os vascaínos terem consciência na volta para casa.

"Há milhares de torcedores do Vasco na porta do estádio e isso pode gerar uma grande confusão. Peço que os torcedores tenham calma e voltem para suas casas de maneira pacífica, sem tumultos", disse Campello.