PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Reforço mais caro de 2018 quer ser o "novo Arrascaeta" no Cruzeiro de 2019

Velocista e pelo lado esquerdo do campo, David quer ser a solução caseira do Cruzeiro - Marcelo Alvarenga/AGIF
Velocista e pelo lado esquerdo do campo, David quer ser a solução caseira do Cruzeiro Imagem: Marcelo Alvarenga/AGIF

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

16/01/2019 04h00

Uma semana depois de perder o uruguaio De Arrascaeta, o Cruzeiro ainda estuda o mercado para tentar trazer uma reposição para o agora jogador do Flamengo. O mais novo interessado é o meia Marquinhos Gabriel, que se desligou do Al-Nasr-EUA e não deverá ficar no Corinthians. Mas um atleta na Toca ainda busca fazer valer seu investimento, e tem como nova meta virar a solução caseira de Mano Menezes para o setor ofensivo. Contratação mais cara de 2018, o garoto David quer se redimir de um primeiro ano com poucas oportunidades e lesões para dar a volta por cima e mostrar porque a diretoria pagou R$ 10 milhões para tê-lo em Belo Horizonte.

David chegou do Vitória gerando alta expectativa no início do ano passado, mas precisou ficar mais tempo que o esperado no departamento por causa de algumas lesões. Para trazê-lo, a diretoria do Cruzeiro tirou R$ 10 milhões e pagou à vista ao Leão da Barra. Hoje com 22 anos e tratado como revelação, David só começou a render no final da última temporada. Entre idas e vindas ao departamento médico, ele só atuou em 22 partidas oficiais no ano, sendo 12 como titular, número baixo em comparação aos 72 compromissos do Cruzeiro em 2018. Porém, suas atuações na reta final do Brasileirão deixaram a torcida animada, servindo também para aumentar a confiança do jogador por um segundo ano mais convincente. Agora ele quer deslanchar.

"É a posição que eu jogo. Perdemos um grande atleta, mas o Cruzeiro continua. Tenho certeza que vamos ter um belo ano, disputar títulos, e eu espero poder fazer o que ele fez, se eu jogar na posição dele. Essa é a meta", comentou o velocista, em entrevista na Toca da Raposa.

David, do Cruzeiro - Pedro Vale/AGIF - Pedro Vale/AGIF
Imagem: Pedro Vale/AGIF

Conforme já informado, Marquinhos Gabriel pintou como nova opção de reforço celeste para o setor esquerdo do campo. Até então, David tem como principal concorrente o veterano Rafinha. Ambos costumam atuar por aquele lado no time de Mano. No ano passado, Rafinha fez a função em partidas importantes e deu conta do recado. Porém, os 35 anos colocam em xeque sua escalação no time titular e por vários jogos seguidos. Outro que pode correr por fora no setor é o atacante Renato Kayzer. Emprestado ao Atlético-GO no ano passado, o atacante foi um dos dois jogadores que Mano quis reaproveitar neste ano.

A transferência iminente de Rodriguinho chega para repor uma grande perda no time, mas o meia não apresenta as mesmas características de Arrascaeta ou até mesmo de David. Por isso, é possível que ele não entre nessa briga para a vaga na beirada do campo.

Recuperado das lesões, David vem fazendo um trabalho de fortalecimento muscular na Toca da Raposa, e tem recebido elogios sobre o porte físico. Na última terça-feira, o atacante atuou no jogo-treino contra o Democrata de Sete Lagoas e marcou um dos gols da equipe. Neste sábado, o Cruzeiro vai estrear no estadual contra o Guarani, em Divinópolis, e a primeira escalação oficial do ano poderá sinalizar quem vai largar na frente por uma vaga no time.

Esporte