PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Grêmio perde analista e se prepara para saída de executivo ainda em 2018

Um dos últimos atos de André Zanotta (centro) foi renovação de Kannemann e Geromel - Lucas Uebel/Grêmio
Um dos últimos atos de André Zanotta (centro) foi renovação de Kannemann e Geromel Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

12/12/2018 04h00Atualizada em 12/12/2018 15h48

A reta final de ano no Grêmio, por enquanto, é marcada pelas saídas. Depois de anunciar que Douglas não fica, o clube gaúcho já sabe que perdeu um analista de desempenho e está em vias de dar adeus ao gerente executivo de futebol ainda em 2018. As vagas serão supridas nas próximas semanas.

André Zanotta, executivo de futebol do Grêmio desde março de 2017, deixará o clube antes da virada do ano. Ele já trabalha em uma espécie de transição.

Procurado pela reportagem, Zanotta afirmou que a situação ainda não está definida. O Grêmio aguarda o comunicado oficial da saída para avançar no processo de reposição.

A vaga aberta vai motivar novo processo de seleção na Arena. Zanotta deve indicar nomes a serem analisados pelo Grêmio. Até a despedida, que deve ocorrer antes do Natal, o executivo seguirá tratando de algumas negociações do clube no mercado. Depois, poderá ficar prestando uma espécie de consultoria até um substituto ser efetivado.

Além de André Zanotta, o Grêmio colocará Carlos Amodeo, CEO do clube, como encarregado de negociações em busca de reforços e conversas para eventuais saídas.

O gerente executivo chegou ao Grêmio depois de passar por Santos e Sport. No clube, ganhou mais protagonismo ao longo de 2018 e virou responsável pelos processos de negociação. Tratativas de renovação, saídas e chegadas. O lado mais mercadológico do departamento.

Em 2017, André Zanota chegou a ser enviado à Espanha representando o Grêmio em busca de negócios para Luan. Ao lado do então advogado do clube, Gabriel Vieira. No final do ano, ele participou das negociações com o Barcelona pela transferência de Arthur.

Analista de desempenho na Bulgária

Lucas Oliveira, coordenador do CDD (Centro Digital de Dados) já se despediu do Grêmio. O analista de desempenho trocará Porto Alegre por Razgrad, na Bulgária. A cidade é sede do Ludogorets, recheado de jogadores brasileiros e com investimento pesado.

O setor de análise continuará com Antônio Cruz e Rafael Tavares, mas deve receber nome promovido das categorias de base. Lucas Sacchet seguirá na função de analista de mercado.

O Grêmio volta aos treinos em 3 de janeiro. O grupo principal fará pré-temporada mais longa e só deve estrear contra o Caxias, em 3 de fevereiro, pela quinta rodada do Gauchão.

Esporte