PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Loss vai ao CT do Corinthians e reencontra amigos, mas segue com cursos

Ex-treinador e atual auxiliar do Corinthians esteve no CT nesta segunda-feira - Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
Ex-treinador e atual auxiliar do Corinthians esteve no CT nesta segunda-feira Imagem: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Arthur Sandes e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

19/11/2018 16h23

A segunda-feira (19) foi de reencontros para Osmar Loss, ex-treinador e atual auxiliar técnico do Corinthians. Ele voltou da Europa e foi ao CT Dr. Joaquim Grava para rever amigos e conversar com a comissão técnica, mas deve seguir fazendo cursos até o final do ano.

O futuro de Loss ainda está indefinido no Corinthians. Ele assumiu o time principal após a saída de Fábio Carille, em maio, mas não conseguiu bons resultados e acabou retornando à função de auxiliar quatro meses depois. Dias depois, viajou à Europa para um período de reciclagem que deve se encerrar nas próximas semanas.

Loss está no Brasil já há alguns dias. Ele havia assistido à primeira final do Campeonato Paulista sub-20, na quinta-feira passada (15), e passou o domingo (18) com a família antes de visitar o centro de treinamento alvinegro. Nas últimas semanas, o treinador viveu fase de estudos no Atlético de Madri e assistiu jogos de Roma, Sevilla e seleção portuguesa de base, além de um Inter de Milão x Barcelona pela Liga dos Campeões da Europa.

A viagem foi uma maneira encontrada pelo Corinthians para não tornar desconfortável o convívio de Osmar Loss com o atual treinador, Jair Ventura. Atualmente, três auxiliares compõem a comissão técnica: Emílio Faro, Fábio Félix e o ex-lateral Coelho.

Osmar Loss deve conversar com o Corinthians para definir seu futuro em breve. Ele tem total confiança do presidente Andrés Sanchez, que há alguns anos foi o responsável por desenhar o projeto que levaria o treinador ao comando da equipe principal. Há expectativa no clube de que Loss ainda possa ter nova oportunidade no futuro, a exemplo de Oswaldo de Olvieira, que em 1999 não agradou ao ser efetivado pela primeira vez, mas após novo período como coadjuvante reassumiu o time para ser campeão brasileiro e também do Mundial de Clubes de 2000.

Futebol