PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio diz que negociação com Renato não avançou, mas mostra otimismo

Romildo Bolzan Jr. acredita na permanência de Renato Gaúcho no Grêmio - Lucas Uebel/Divulgação Grêmio
Romildo Bolzan Jr. acredita na permanência de Renato Gaúcho no Grêmio Imagem: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

18/11/2018 22h00

Segundo o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, a negociação para renovação de contrato do técnico Renato Gaúcho não avançou. O treinador, da mesma forma, preferiu não detalhar o processo que ocorre nos bastidores.

"No cofre só entra, e o presidente está aqui. Tem que sair alguma coisa deste cofre, não é?", sorriu Renato citando a contribuição sua na formação de atletas que foram vendidos e geraram lucro. O presidente gremista acompanhava a entrevista.

"Eu não quero tocar neste assunto (renovação). Já falei para vocês que quero, acima de tudo, garantir uma vaga no G-4. O objetivo maior é este. O contrato, vamos sentando, trocando ideias... O clube está acima de tudo. Tem muita coisa em jogo. Isso não quer dizer que daqui a pouco não sento com o presidente e decidimos. Mas é um jogo em cima do outro. Jogamos, treinamos, viajamos, voltamos, é corrido. Mas daqui a pouco a gente conversa, troca ideias", completou Portaluppi.

Após a partida anterior, Renato se negou a projetar o elenco para 2019 já que não sabe se permanecerá ou não no comando do clube. O Grêmio já realizou uma oferta ao técnico, que ainda não respondeu ou apresentou uma contra-proposta.

"Nós não avançamos em nenhum ponto a mais da negociação. Estamos trabalhando a ideia de terminar esta fase do campeonato, nos classificarmos (no G-4), e depois ter tempo para se conversar. O Grêmio não está 'de burra cheia', não, o Grêmio pagou contas antecipadas e fizemos um planejamento para o ano que vem, desonerando fluxo de caixa. Trabalhamos essa ideia para que não tenhamos problemas de ordem financeira do mês. O dinheiro já está faltando, porque sempre falta em clube de futebol. O Renato tem uma proposta, de ponta para o mercado brasileiro, mas é coisa nossa, minha, do clube, e dele, quem vai negociar mais adiante. E tenho muita esperança que vamos consolidar um acerto", disse.

Portaluppi tem vínculo até o fim do ano e negocia sua permanência no Tricolor. Nos bastidores, o clube ainda é otimista pela permanência do comandante.

Futebol