PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Votação no Atlético já tem parcial de 100 conselheiros a favor do estádio

Para ter projeto do estádio aprovado, Atlético precisa do "sim" de 260 conselheiros - Divulgação/Atlético-MG
Para ter projeto do estádio aprovado, Atlético precisa do "sim" de 260 conselheiros Imagem: Divulgação/Atlético-MG

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

18/09/2017 11h03

Desde as primeiras horas desta manhã de segunda-feira, o torcedor do Atlético-MG vive a expectativa de ver o projeto do estádio ser aprovado no clube. Convocados pelo presidente do conselho deliberativo, Rodolfo Gropen, os conselheiros terão até às 21h para comparecer à sede de Lourdes, na região centro-sul de Belo Horizonte, e votarem a favor ou contra a construção da nova casa alvinegra. Antes mesmo do fim da manhã, as primeiras parciais já apresentam números animadores para quem quer ver o Galo de casa nova.

Até às 11h, 115 conselheiros já compareceram à sede. Desses, 109 votaram a favor (94%) da construção da nova arena, enquanto outros seis foram contra. Dos 390 conselheiros aptos a votar, o Atlético precisa de 2/3 para ter o projeto aprovado, o que significa que 260 conselheiros devem votar "sim".

Nomes conhecidos da história do Atlético como Alexandre Kalil, ex-presidente do clube e atual prefeito de Belo Horizonte, assim como Ricardo Guimarães, também ex-presidente, e Antonio Anastasia, atual senador, já compareceram à sede e mostraram-se a favor de levantar o futuro estádio do Galo.

 

Futebol