PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogador do Everton entra em campo um dia após pai ser baleado

Do UOL, em São Paulo

27/08/2017 16h09

Muhamed Besic entrou em campo na derrota do Everton por 2 a 0 contra o Chelsea, neste domingo (27), um dia depois de seu pai ter sido baleado na Bósnia e Herzegovina.

Meho, que é bósnio, levou um tiro na mão e outro no pé e teve que ir para o hospital, mas o motivo dos disparos e o estado de saúde não foram divulgados.

Nascido na Alemanha, mas membro da seleção bósnia, Besic soube do ocorrido no último sábado (26), mas, mesmo assim, se colocou à disposição para jogar. Ele entrou em campo no início do segundo tempo no lugar de Tom Davies, mas não evitou a derrota fora de casa.

O técnico do Everton, Ronald Koeman, falou sobre a situação, mas preferiu não se prorrogar. “Ele me disse, antes do jogo, que estava pronto e concentrado. Falei com ele ontem de manhã, e ele conversou com o pai. Não gosto de falar em mais detalhes. Isso é um assunto de família”, afirmou o treinador.

“Vamos ver o que acontece agora. Eu não sei exatamente o que aconteceu, mas o que apareceu na mídia é verdade”, acrescentou.

Futebol