PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro vence batalha judicial e Riascos terá que pagar para sair do clube

Em nova batalha judicial, ficou decidido que Cruzeiro terá que receber para liberar Riascos - Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Em nova batalha judicial, ficou decidido que Cruzeiro terá que receber para liberar Riascos Imagem: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

26/12/2016 19h59

Mais um capítulo da batalha judicial envolvendo o Cruzeiro e o atacante Riascos. Nesta tarde de segunda-feira, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) estipulou o valor necessário para que o jogador consiga total liberação do clube mineiro. Se quiser deixar o Cruzeiro em definitivo, o atacante colombiano terá que pagar uma quantia de R$2.262.000,00 como caução. A decisão foi do ministro Ives Gandra.

Inicialmente, a 27ª vara do trabalho de Belo Horizonte havia estabelecido uma multa de R$3.200.000,00. Na última sexta-feira, as duas partes estiveram reunidas, mas não conseguiram chegar a um acordo. O último julgamento está marcado para o final de maio de 2017. Contudo, o novo valor não cabe recurso e, por isso, a única maneira de Riascos se desvincular ao clube seria mediante o pagamento.

Riascos não entra em campo desde o dia 17 de julho. Na ocasião, o Cruzeiro perdeu para o Fluminense e o jogador, na saída do gramado, deu uma declaração polêmica: "Não está normal, não estou feliz por tudo isso que está acontecendo. Temos que procurar uma solução, não podem tirar minha felicidade para vir jogar nesta m... aqui”.

Horas após a declaração, ainda no Rio de Janeiro, o diretor de futebol Thiago Scuro comunicou o afastamento do jogador, que sequer voltou com a delegação celeste para Belo Horizonte. Desde então, o atacante também não retornou à capital mineira e buscou uma quebra de contrato, além de uma indenização de R$5 milhões. Um dos interessados em contar com o futebol do atacante é o Vasco, seu antigo clube antes de retornar para o Cruzeiro.

 

Quer receber notícias do Cruzeiro de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Futebol