PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Governador colombiano pede que "anjo" seja homenageado no Brasil

Johan ajudou no resgate às vítimas da tragédia da Chapecoense  - Reprodução/Twitter
Johan ajudou no resgate às vítimas da tragédia da Chapecoense Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

15/12/2016 08h41

O governador de Antioquia, na Colômbia, Luis Pérez Gutiérrez, pediu ao governo brasileiro que Johan Alex Ramirez, conhecido como o anjo por ter ajudado no resgate das vítimas do acidente aéreo com o avião da Chapecoense, receba homenagem do governo brasileiro em nome do povo colombiano.

Gutiérrez enviou uma mensagem ao presidente da república Michel Temer por meio de carta ao embaixador do país na Colômbia Julio Bitelli e divulgou o conteúdo em seu Twitter. “Quero pedir a você, Excelentíssimo Senhor Embaixador, que a condecoração seja recebida em nome de todo governo antioquenho, o menino Johan Alex Ramirez, que na noite do acidente colaborou de forma eficaz com o resgate”, diz trecho da carta.

“Esse menino é símbolo dos antioquenhos nobres, trabalhadores e solidários, sempre atentos em servir seus semelhantes. Essa homenagem é para o povo de Antioquia e Johan representa o povo, as autoridades e as equipes de resgate. Ao reconhecer a sua entrega e heroísmo, ajudaremos no exemplo para outros jovens”, continua o texto.

A homenagem aos colombianos que ajudaram no resgate e ao povo por seu apoio e solidariedade com relação às vítimas do avião com a delegação da Chapecoense que matou 71 pessoas no último dia 29 deve acontecer nesta sexta (16), no Palácio do Planalto, em Brasília.

Futebol