PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Régis diz que é torcedor do Palmeiras e admite se espelhar em Lucas Lima

Régis é um dos oito jogadores contratados pelo Palmeiras para a temporada 2016 - Cesar Greco/Ag Palmeiras
Régis é um dos oito jogadores contratados pelo Palmeiras para a temporada 2016 Imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

15/01/2016 15h30

O Palmeiras apresentou na tarde desta sexta-feira o sétimo reforço para a temporada 2016: o meia Régis, que foi revelado e brilho em 2015 com a camisa do Sport. Na primeira entrevista como atleta palmeirense, o jogador disse que é torcedor do clube desde a infância e admite que se espelha em Lucas Lima.

O meia do Santos, assim como Régis, defendeu o Sport por uma temporada. "É um grande jogador, fui muito bem, procuro me espelhar nisso, fazer com seriedade e muito trabalho. Para chegar aos jogos e fazer bons jogos", admite o novo jogador do Palmeiras.

Régis atuou pelo Sport com a camisa 10 durante o Brasileirão. Em 26 partidas, o meia marcou cinco gols. Em 2015, foram 54 jogos no total e oito gols marcados.

Apesar de iniciar a carreira no São Paulo, Régis garantiu que torce pelo Palmeiras. "Desde pequeno fui palmeirense. Quando somos profissionais, defendemos o clube que jogamos. Minha família está contente, feliz, espero dar muitas alegrias a eles", afirmou.

O meia ainda fez elogios ao clube alviverde, "O Palmeiras hoje em dia é o maior clube do Brasil, pela Copa do Brasil, pelo elenco que tem, pela estrutura. Estou feliz. Pelo que nos oferecem, podemos trabalhar tranquilos, sem preocupação. Pela minha família ser palmeirense, vir para cá ajudou bastante. Espero corresponder à altura", ressaltou.

O jogador de 23 anos foi revelado pelo São Paulo, em 2012, passando por quase todas as categorias da base tricolor. Depois, Régis atuou por Paulista, América-RN e Chapecoense. No Palmeiras, terá a forte concorrência no meio-campo ofensivo. Hoje, o time tem seis opções para o setor.
"Todos vão trabalhar para ganhar uma oportunidade. É uma disputa sadia. Estou aqui motivado para conquistar meu espaço e meu nome no campeonato. Chego para fazer meu melhor', frisou Régis.

Futebol