PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras tem vitória judicial e volta a receber receitas da Globo

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

12/09/2014 06h00

Enquanto Wesley está afastado dos gramados, lesionado, a briga judicial entre o Palmeiras e Antenor Angeloni, fiador de sua contratação, continua na Justiça. No final de agosto, o alviverde obteve uma vitória no processo: conseguiu reverter uma decisão que obrigava que as receitas da TV Globo fossem depositadas em juízo.

Ainda na gestão de Arnaldo Tirone, Angeloni, que também é presidente do Criciúma, prestou garantias na contratação do volante junto ao Werder Bremen, da Alemanha, por 6 milhões de euros. Como o Palmeiras não pagou a quantia integral, o fiador entrou com ação cobrando mais de R$ 15 milhões do clube.

O caso é complicado: logo no começo do processo, Angeloni conseguiu penhorar as receitas de televisão pagas pela Globo ao alviverde, no valor de até R$ 21 milhões. O clube recorreu, e conseguiu reverter a decisão.

O presidente do clube catarinense, porém, entrou ele próprio com um recurso, e conseguiu novamente determinar que os depósitos fossem feitos diretamente ao juízo responsável por julgar a ação.

No último dia 21 de agosto, o Palmeiras teve decisão em seu favor e liberou os depósitos. A decisão foi publicada na semana passada, e o alviverde passa a receber normalmente as cotas televisivas pagas pela emissora.

No lugar das receitas, o clube cedeu como garantia os próprios direitos econômicos de Wesley. Eles são válidos até fevereiro de 2015, quando vence o contrato do volante, que já está livre para assinar um pré-contrato com outro clube.

As negociações para renovação com Wesley estão paradas – o Palmeiras fez uma proposta, próxima da pedida do estafe do jogador, mas ainda não teve uma resposta. O rival São Paulo tem interesse na contratação, mas não admite publicamente a proposta.

Dentro de campo, o Palmeiras ainda deve ficar algumas semanas sem o volante. O departamento médico, aliás, está lotado, com Lúcio, Wellington, Tobio, Wendel, Valdivia e Fernando Prass.

Com 21 pontos, o clube está na 15ª colocação no Brasileirão. No sábado, encara o Fluminense, no Maracanã.

Futebol