PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico do Benfica sai em defesa de torcedores e briga com policiais

Do UOL, em São Paulo

23/09/2013 10h00

O técnico do Benfica, Jorge Jesus, se envolveu em uma confusão com policiais no final da partida contra o Vitória de Guimarães, que terminou com vitória do Benfica. Após o jogo, atletas e comissão técnica se dirigiram à torcida para distribuir camisas e autógrafos.

Alguns torcedores invadiram o campo para chegar mais perto dos jogadores. Os policiais, então, avançaram para cima deles. Ao ver que os seguranças dominavam os fãs que entraram no gramado, Jorge Jesus entrou na confusão.

O treinador tentou libertar os torcedores e chegou a brigar com os policiais para acabar com a tentativa de imobilização que os seguranças faziam.

Jorge Jesus agora corre risco de ser punido. Se enquadrado como agressão, a pena do treinador pode ser a suspensão de três meses a três anos. Em caso de tentativa de agressão, a punição pode variar entre um mês e um ano.

O técnico do Benfica pode responder ainda por incitar indisciplina. Se condenado neste artigo do código disciplinar português, pode ser suspenso entre seis e 18 meses.

Futebol