PUBLICIDADE
Topo

Membros da Fifa estudam mudanças nas regras do impedimento e da suspensão de atletas

Do UOL, em São Paulo

22/02/2012 15h59

A Fifa estuda alterar algumas regras do futebol. Membros da entidade se reunirão no dia 3 de março, na Suíça, para analisar possíveis mudanças no impedimento e na punição com cartão vermelho em jogadas de “último homem”.  

A regra do impedimento precisa ser mais fácil, conclui membros da Fifa. A entidade busca maneiras de tornar o impedimento mais simples, sem informar as medidas que poderá proceder.

A Fifa considera muito rigorosa a expulsão de um atleta que cometer um pênalti. A entidade entende que isso é uma “tripla punição”, porque o jogador é expulso, ele fica suspenso do jogo seguinte e o pênalti ainda é marcado.

A ideia em pauta é que esses tipos de lances sejam advertidos com cartão amarelo. Na avaliação da Fifa, o vermelho só deve ser mostrado em lances de extrema violência.

Para que essas mudanças sejam aprovadas, é preciso que a International Board dê o aval para tais alterações.

Outros temas também podem ser mudados no futebol. O banco de reservas passaria a contar com 12 atletas, e não 7 atletas, como acontece hoje. A utilização de dispositivo eletrônico é discutido pelos integrantes da Fifa.

O aparato funcionaria para detectar se a bola de fato ultrapassou a linha do gol, evitando vexames como ocorrido no duelo entre Inglaterra x Alemanha, na Copa de 2010, quando a arbitragem não viu gol legítimo dos ingleses.

Esporte