PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Globo diz a mercado e cartolas que Libertadores perdeu alcance. SBT reage

SBT assumiu os direitos de transmissão da Copa Libertadores em TV aberta para o Brasil - Reprodução
SBT assumiu os direitos de transmissão da Copa Libertadores em TV aberta para o Brasil Imagem: Reprodução
Exclusivo para assinantes UOL

Gabriel Vaquer

Do UOL, em Aracaju (SE)

04/12/2020 04h00

A Globo tem feito um "lobby" no mercado publicitário e no contato com clubes afirmando que a Libertadores no SBT não tem o mesmo alcance de audiência e relevância que tinha quando era transmitido pela emissora. A De Primeira apurou que executivos do canal mandaram índices de audiência para dirigentes esportivos e anunciantes, comparando números e cobertura de público entre os jogos feitos pelo canal de Silvio Santos desde setembro, com o que o grupo carioca marcava antes da rescisão com a Conmebol - a Globo terminou 2019 com média de 25,9 pontos de Ibope por jogo em São Paulo, principal mercado do país; o SBT tem registrado módicos 8,5 pontos de média na região.

A informação chegou na direção do SBT, que tem tentado reagir da sua forma. Também em contato com agentes do mercado, o argumento usado é que a Globo é forte por si só, e que já tem uma tradição esportiva desde sempre, enquanto o trabalho feito atualmente no SBT é para recuperar um público que não passa pelo canal desde 2003. O fato virou o principal assunto entre pessoas que trabalham em agências de publicidade nos últimos dias. Na visão de quem cuida do dinheiro das empresas que investem em TV, a tática da Globo promove o seu pacote comercial de futebol - o mais valorizado do país. O canal de Silvio Santos reforça que o trabalho vem sendo feito e a projeção indica um crescimento substancial nos próximos meses e anos. (Por Gabriel Vaquer)

UOL de Primeira