PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Vice do Santos chama polícia por relógio de Pelé e itens sumidos na Vila

Orlando Rollo, vice-presidente do Santos - Marcello De Vico/UOL
Orlando Rollo, vice-presidente do Santos Imagem: Marcello De Vico/UOL
Exclusivo para assinantes UOL

02/04/2020 04h00

O vice-presidente do Santos, Orlando Rollo, pediu a abertura de um inquérito policial para recuperar diversos itens pessoais que, segundo ele, não foram devolvidos a ele após a extinção de sua sala na Vila Belmiro. Entre os itens descritos está um relógio de bolso que, de acordo com Rollo, pertenceu a Pelé, além de cerca de outros 30 itens e quase R$ 1.000,00 em espécie — parte em euros.

A notícia-crime foi protocolada em 29 de fevereiro. O presidente José Carlos Peres e o vice Orlando Rollo estão rachados desde o início da gestão. O mandatário chegou a emitir uma portaria tirando os poderes do vice e, em novembro do ano passado, tirou a sala da vice-presidência. Em contato com a De Primeira, Peres afirmou que o clube não foi notificado. (Por Eder Traskini e José Eduardo Martins)

UOL de Primeira