PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Irmãos Moreira Salles estudam "compra" do futebol do Botafogo

Torcedor fanático do Botafogo, o cineasta João Moreira Salles tem interesse em assumir o controle do futebol do clube de coração - Bruno Poletti/Folhapress
Torcedor fanático do Botafogo, o cineasta João Moreira Salles tem interesse em assumir o controle do futebol do clube de coração Imagem: Bruno Poletti/Folhapress
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro, em São Paulo e Belo Horizonte

07/12/2018 04h00

Os irmãos João e Walter Moreira Salles estudam assumir o comando do futebol do Botafogo. A milionária e tradicional família contratou a empresa Ernst & Young para auditar as contas do clube e elaborar um modelo que viabilize a "compra" do futebol alvinegro e separá-lo do clube social. O objetivo da dupla é zerar as dívidas e administrar a equipe - juntamente com outros possíveis parceiros - por meio de uma empresa "SA" - nos moldes da já existente "Companhia Botafogo", que hoje opera o estádio Nilton Santos, o Engenhão.

Os dois, no entanto, asseguram que a ideia é apenas assumir a posição de financiadores e acionistas, sem pretensão de participação política ou com cargos diretos no dia a dia do time. A ideia ainda é embrionária e depende de uma reforma estatutária a ser aprovada pelo conselho deliberativo de sócios. Ainda assim, a família se mostra empolgada, uma vez que as correntes políticas do Botafogo são favoráveis à ideia. Em projeto paralelo, os Moreira Salles já financiam a construção do centro de treinamento do Alvinegro. (Por Bernardo Gentile)


De Primeira entra de férias nesta reta final de 2018 e agradece aos leitores pela audiência no ano que se encerra. Voltaremos no dia 8 de janeiro com mais informações dos bastidores do mundo do futebol.


CBF vai à Europa com Branco para liberar jogadores do Sub-20

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) convoca na próxima segunda-feira os 23 jogadores para a disputa do Sul-Americano Sub-20, que vale quatro vagas para a Copa do Mundo da categoria e três para o Pan-Americano de Lima (Peru). Para ter o elenco mais próximo do ideal, a entidade fez uma frente de conversa com clubes para obter as liberações necessárias, já que a competição não entra no grupo daquelas consideradas Data Fifa. Na semana passada, coordenador Branco e o técnico Carlos Amadeu visitaram times brasileiros, enquanto o supervisor Raul Fachini viajou para a Europa. Nomes como Paulinho (Bayer-ALE), Mauro Junior (PSV-HOL), Marquinhos Cipriano (Shakhtar-UCR), Vitinho (Cercle Brugge-BEL) e Matheus Cunha (Red Bull Leipzig-ALE) estão entre os mais cotados. Rodrygo, do Santos, depende também da anuência do Real Madrid, que já descartou ceder Vinicius Junior. O torneio será realizado entre 17 de janeiro e 10 de fevereiro, no Chile. (Por José Edgar de Matos)

Tardelli pede a representantes para seguir na China em 2019

Diego Tardelli pediu aos seus representantes para permanecer no futebol chinês em 2019. Procurado por Atlético-MG e Corinthians, o jogador reforçou aos empresários que pretende seguir na Ásia, onde defendeu o Shandong Luneng de 2015 a 2018. O jogador de 33 anos não renovou o contrato com o clube que atuou por três temporadas, mas tem ofertas de outros times do local. Giuliano Bertolucci foi à China nos últimos meses para avaliar algumas propostas visando a manutenção do atleta no país. Diego Tardelli e o empresário querem definir a situação até o fim deste ano. O jogador viajou ao Brasil para curtir férias e já avisou aos clubes locais que o plano é se manter na China. Ele só avaliaria uma volta ao país em caso de fracasso nas tratativas com o futebol asiático. (Por Thiago Fernandes)

SPFC: Carlinhos Neves assume "vaga" de R. Rocha

O São Paulo perdeu Ricardo Rocha no início desta semana, deixando o cargo de coordenador de futebol vago. Mas o clube entende que conseguirá planejar a próxima temporada sem alguém na função. Isso porque o preparador físico Carlinhos Neves, contratado na última quarta-feira, é visto como uma figura experiente o suficiente para ajudar a gerir o elenco e a comissão técnica. Neves, inclusive, fez trabalho semelhante nos tempos de Atlético-MG e retorna a Tricolor após oito anos como homem de confiança do diretor-executivo de futebol Raí. As negociações foram rápidas, resolvidas em dois dias. (Por Bruno Grossi)

Quatro anos após Copa, empresas lutam para receber do COL

Mais de quatro anos após a Copa de 2014, três fornecedores ainda brigam judicialmente por pagamentos do Comitê Organizador Local. A dívida em aberto totaliza cerca de R$ 120 mil, e inclui uma empresa de informática, outra de entregas e uma terceira que participou da cerimônia de abertura. Os três negócios tem um ponto em comum: foram intermediados pelo executivo Alan Cimerman. Elefoi gerente de marketing do São Paulo, e acabou demitido por participar de fraude em vendas de ingressos de shows no Morumbi. (Por Pedro Lopes)

CBF obtém vitória em ação que tenta anular eleição  

Em decisão unânime, a 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro julgou procedente recurso da CBF e considerou o Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos incompetente para tratar de suposta irregularidade na assembleia que mudou o peso dos votos de federações e clubes no colégio eleitoral da entidade. O promotor Rodrigo Terra havia entrado com ação no juizado pedindo a anulação da reunião. A vitória da CBF não foi maior porque o caso será encaminhado para uma Vara Cível. A confederação pedia a extinção da ação. O Ministério Público pode recorrer da decisão, tomada na última terça (4) e publicada no site do tribunal na última quinta-feira (6). (Por Ricardo Perrone)