PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Conselheiro fiscal corintiano encara denúncia por fraude em kits escolares

Pq. São Jorge vive polêmica: conselheiro é acusado de fraude em kit escolar e emperra órgão interno - Divulgação/Corinthians
Pq. São Jorge vive polêmica: conselheiro é acusado de fraude em kit escolar e emperra órgão interno
Imagem: Divulgação/Corinthians

Do UOL, em São Paulo

26/07/2017 04h00

Intimado a elaborar um regimento interno pela Apfut (Autoridade Pública de Governança do Futebol), órgão do ministério do Esporte, o Conselho Fiscal do Corinthians vive dilema por um de seus três integrantes. Paulo Roberto Almeida Souza, no cargo desde o início da gestão Roberto de Andrade, enfrenta denúncia do Ministério Público por sua participação como secretário de finanças de Itaquaquecetuba-SP na década passada. Ligado ao vice-presidente André Luiz de Oliveira, o “André Negão”, o conselheiro fiscal é alvo de um processo por improbidade administrativa, fraude à licitação, corrupção e formação de cartel, junto com outros membros da Prefeitura na época, na compra de kits de uniformes escolares. 

Por conta disso, o também conselheiro Antônio Jurado Luque não compareceu à reunião para que o regimento interno fosse assinado. Ele entende que a presença de Paulo Roberto é incompatível no momento. Luque, nesta quarta, deve solicitar providências do caso ao presidente Roberto de Andrade. A oposição do clube trabalha pelo afastamento de Paulo Roberto. Recentemente, outro conselheiro fiscal deixou o cargo porque trabalhava com Roberto de Andrade em uma concessionária de carros. A De Primeira entrou em contato Paulo Roberto, que não atendeu às ligações e nem respondeu mensagens. (por Dassler Marques)

Flamengo: silêncio e sigilo sobre Ederson

Após a entrevista coletiva para anunciar o tumor nos testículos de Ederson, o Flamengo não está disposto a comentar ou dar mais detalhes sobre o caso.

O sigilo envolve até mesmo os médicos que realizarão a cirurgia e acompanharão a recuperação do atleta, Paulo Henrique e Diogo Rosa. Toda a equipe foi orientada pelo Rubro-negro a não falar sobre o problema. A solicitação foi parte do acordo selado entre o clube da Gávea e o hospital na Zona Oeste do Rio, onde o meia será operado na próxima semana. (por Pedro Ivo Almeida)

São Paulo: Diretor terá de se explicar sobre Ceni

Marcelo Pupo, presidente do Conselho Deliberativo, recebeu uma petição para uma reunião extraordinária. A intenção do encontro é de questionar, entre outros temas relacionados ao departamento de futebol, os detalhes do contrato e da demissão de Rogério Ceni, que tinha uma multa rescisória de R$ 5 milhões. Além disso, serão tratados temas como a venda de jogadores e o destino dessa verba. Pupo tem até 30 dias, a contar da última segunda, para convocar o encontro. A presença de Vinicius Pinotti, diretor de futebol, é obrigatória. (por José Eduardo Martins)

São Paulo: Ceni é poupado do encontro

Rogério Ceni e seu auxiliar, Michael Beale, também foram convidados para a reunião. No entanto, a presença da dupla é opcional. Por respeito a Ceni e por entenderem que o ex-goleiro ainda tem uma multa para receber, ele, apesar de ser sócio do clube, não foi convocado para o encontro. No total, 56 conselheiros assinaram a carta - sendo necessário o mínimo de 50 assinaturas para a reunião ser obrigatória. (por José Eduardo Martins)

Grafite sofre em chegada a São Paulo

Grafite passou por uma situação inusitada nos últimos dias. No desembarque de um voo dos Emirados Árabes, em Guarulhos, o atacante teve de pagar imposto sobre itens não-declarados, procedimento relativamente comum a quem volta de viagens do exterior. O problema é que justamente em seu desembarque estava sendo gravada a série "Aeroporto: área restrita", do canal Discovery, que acompanha o dia a dia de fiscais da Receita Federal no maior aeroporto do país. "Quando passei na alfândega, eles viram que tinha muito tênis ali. Tinha seis pares, para uma pessoa só é f... Aí pararam, pediram para abrir a mala. Abri, mostrei para eles e tive de pagar imposto. Paguei e fui embora, normal", disse o atacante. (por Danilo Lavieri e Roberto Oliveira)

Seleção: Área de imprensa é trunfo do Allianz Parque

As novas instalações para a imprensa transformaram o Allianz Parque no estádio favorito para receber o jogo entre Brasil e Chile, no encerramento das Eliminatórias para a Copa 2018, no dia 10 de outubro. O estádio do Palmeiras sempre agradou a CBF na maioria dos setores, mas esbarrava nos padrões exigidos pela Fifa para receber jornalistas em um jogo oficial. No início do mês, foi inaugurado um espaço para 90 jornalistas sentados e área exclusiva para outras dezenas, atendendo a todos os pontos básicos para um jogo da seleção. No início de julho, a De Primeira já havia mostrado que a CBF havia desistido do estádio do Maracanã – pedido de Tite – para esse duelo contra o Chile. A Confederação ainda estudou a partida em Brasília, mas optou por São Paulo. A casa palmeirense supera a concorrência com o Morumbi, agora plano B para o jogo. (por Danilo Lavieri e Pedro Ivo Almeida)

Corinthians: Concentração para analisar zagueiros 

Apesar da necessidade de encontrar logo um novo zagueiro, o Corinthians tem cautela sobre possíveis alvos. O treinador Fábio Carille aproveitará a concentração antes do jogo com Patriotas-COL, na noite desta quarta, para olhar jogadores com atenção. O clube quer um defensor das Séries A ou B. Entre especulados estão Messias (América-MG), Ruan (Juventude), Brock (Paraná) e Ernando (Inter). (por Dassler Marques)