Topo

Carioca - 2019


Vasco vence, e Fluminense fica perto do rival Flamengo na semifinal

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

02/02/2019 21h02

Em clássico disputado em Brasília, o Vasco venceu o Fluminense por 1 a 0, com gol de pênalti de Yago Pikachu, pela Taça Guanabara, e assegurou a primeira colocação em seu grupo.

Com o triunfo, o Cruz-maltino aguarda o seu rival na semifinal, que saírá de Bangu, Boavista ou Resende. O Flu, por sua vez, está perto de ter o Flamengo pela frente no próximo fim de semana. O clássico só não será realizado se o Flamengo perder para a Cabofriense e o Bangu vencer o Resende.

Antes da semi do Estadual, as equipes têm de voltar suas atenções para as suas estreias na Copa do Brasil. Na terça-feira, o Flu encara o River (PI) em Teresina, às 21h30. Um dia depois, o Vasco inicia a sua caminhada contra o Juazeirense, 21h30, em Juazeiro (BA).

Clássico disputado

A partida no Mané foi animada na etapa inicial. Com a cara de Fernando Diniz, o Flu fez um jogo de aproximação e foi um pouco mais organizado. O Vasco, por sua vez, apostou mais na mais velocidade para surpreender.

Apesar dos estilos diferentes, a partida foi marcada pelo equilíbrio nos 45 minutos iniciais, com boas jogadas criadas de parte a parte. Com Bruno Silva, o Flu acertou o travessão em cabeçada. Já o Cruz-maltino quase chegou lá também em cabeçada de Pikachu.

Em jogada pela direita, Cáceres cruzou, a bola bateu na mão de Nathan Ribeiro, e o juiz deu pênalti. Na cobrança, Pikachu marcou e saiu para comemorar seu 30º gol com a camisa vascaína. O clássico seguiu muito movimentado e marcado por muita competição, mas o Vasco conseguiu manter a vantagem até o intervalo.

Tricolores pedem pênalti

Antes de a arbitragem assinalar o pênalti que resultou no gol de Pikachu, time e torcida do Fluminense pediram falta em cima de Bruno Silva dentro da área. O volante se enroscou com Danilo Barcellos e caiu. O juiz Carlos Eduardo Nunes Braga, no entanto, mandou seguir. Em seu perfil do Twitter, o Flu ironizou a situação.

Rodolfo falha, Ribamar perde

Em jogada muito rápida, o Vasco pegou a defesa do Fluminense totalmente desguarnecida. O atacante Ribamar recebeu com espaço, contou com falha na saída de gol do goleiro Rodolfo e ficou com espaço para marcar. Com Caio Henrique à frente, o atacante se atrapalhou e perdeu a chance de ampliar.

Ritmo cai

O jogo seguiu movimentado na capital federal, mas o Vasco teve competência para administrar a vantagem mínima construída no primeiro tempo do clássico.

Ao contrário das partidas anteriores, o Flu teve dificuldade para criar jogadas e penetrar na defesa rival, que conseguiu anular sem grandes dificuldades o trio formado por Everaldo, Luciano e Yony González. Em falta bem cobrada, Danilo Barcellos por pouco não ampliou. Aos 41, Luciano acertou o travessão e desperdiçou a oportunidade mais cristalina tricolor durante todo o jogo.

Ficou nítido o cansaço de parte a parte, e o ritmo do jogo, que era acelerado, caiu bastante. Os treinadores fizeram as mexidas possíveis, as equipes não baixaram a guarda, mas faltou gás na reta final. Em um jogo bem disputado em Brasília, venceu quem soube aproveitar a chance clara que teve.

Tudo ou nada para Diniz

Em desvantagem no placar, o técnico do Fluminense ousou no intervalo e colocou o atacante Calazans na vaga de Ezequiel. Improvisado na lateral direita, o jogador fez as suas habituais jogadas em velocidade, mas o Tricolor não foi mais perigoso por conta da mudança.

Vascaínos pedem Maxi

A torcida vascaína elegeu Máxi López como o grande nome deste time, e o torcedor da capital que foi ver o clássico mostrou o porquê. A partir dos 15 minutos da etapa final, os vascaínos cantaram em coro o nome do argentino, e o técnico Alberto Valentim ouviu os apelos. Aos 21, o argentino entrou e jogou seus primeiros minutos na temporada.

Gramado em péssima condição

A Greenleaf, empresa que cuida do gramado do Mané Garrincha, mudou o gramado do estádio durante a semana. Durante o jogo, no entanto, ficou evidente que a troca não foi suficiente, já que foi visível a dificuldade dos jogadores na hora do domínio da bola. Um vídeo com imagens do piso reformado foi divulgado essa semana, mas a condição esteve longe do ideal neste sábado.

Maioria vascaína

Mandante do jogo, o Vasco levou mais torcida ao Mané Garrincha. Em clima de paz, cruz-maltinos e tricolores curtiram o clássico no Distrito Federal.

André Rocha comenta vitória do Vasco no clássico: "Fluminense decepcionou"

UOL Esporte

FICHA TÉCNICA
VASCO X FLUMINENSE

Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Hora: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga
Auxiliares: Lilian da Silva Fernandes Bruno e Andrea Izaura Mafra Marcelino de Sá
Gols: Pikachu, aos 25 minutos do primeiro tempo
Cartões amarelos: Yago Pikachu, Maxi (VAS); Bruno Silva, Everaldo, Luciano (FLU)
Cartões vermelhos: - 

Vasco
Fernando Miguel, Raúl Cáceres, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Lucas Mineiro, Raul, Yago Pikachu (Yan Sasse), Thiago Galhardo (Andrey) e Marrony; Ribamar (Maxi López). Técnico: Alberto Valentim

Fluminense
Rodolfo; Ezequiel (Calazans), Nathan Ribeiro, Matheus Ferraz, Mascarenhas; Bruno Silva (Marcos Paulo), Caio Henrique, Daniel (Mateus Gonçalves); Yony, Luciano e Everaldo. Técnico: Fernando Diniz