PUBLICIDADE
Topo

Carioca - 2019

Reserva do Botafogo pega pênalti de Fred e comemora: "É o gol do goleiro"

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/02/2014 18h25

O time reserva do Botafogo não tomou conhecimento do Fluminense e atropelou o rival neste domingo, no Maracanã: 3 a 0. Além de Henrique, autor de dois gols do Alvinegro, outro destaque foi Helton Leite. O goleiro que substituiu Jefferson e barrou Renan teve grande atuação e coroou seu desempenho ao defender pênalti de Fred, já no fim do duelo.

“Nos somos o Botafogo. Não tem time a ou b. Botafogo é isso, Mesmo com o time considerado reserva, vencemos o excelente time do Fluminense”, disse antes de comentar sobre o pênalti. “Não caiu a ficha ainda. Só peguei o pênalti e sai correndo. Abracei todo mundo para festejar. A defesa de pênalti é o gol do goleiro, né? Corri para o abraço”, completou o goleiro.

E a defesa foi marcada por um lance curioso. Fred seguiu para a cobrança lentamente e Helton Leite acabou se adiantando. O atacante do Fluminense refugou e reclamou com a arbitragem. Ele voltou a tomar distancia e quando finalizou, o goleiro do Botafogo fez bela defesa e comenta toda a situação.

“Isso pode até ter confundido ou desequilibrado um pouco o Fred. Fui feliz na cobrança dele e fiz boa defesa. Esperei até o final e deu tudo certo, graças a Deus”, afirmou.
Filho de João Leite, goleiro que fez história no Atlético-MG, Helton disse que o pai não aguenta vê-lo em momentos decisivos e, por isso, acha que o ex-goleiro sequer deva ter visto a defesa.

“Ele nem deve ter visto. Deve ter ficado rezando no quarto. Aposto que conseguiu ver o pênalti. Meu time foi muito bem no jogo, partida excelente. Vencemos por um placar elástico, que não foi goleada, mas mostra que a vitória foi merecida”, acrescentou.

Com a vitória, o Botafogo reage após tropeçar contra o Volta Redonda e segue vivo no Campeonato Carioca. O Alvinegro pulou para a 6ª colocação, com 15 pontos, mas ainda está a três do Vasco, com 18, na 4ª posição – o Cruzmaltino joga ainda neste domingo contra o Cabofriense, 3º com 19.