PUBLICIDADE
Topo

Com golaço de Casemiro, Real vence e sobe para 3ª posição do Espanhol

REUTERS/Susana Vera
Imagem: REUTERS/Susana Vera

Do UOL, em São Paulo

19/01/2019 15h07

O Real Madrid bateu o Sevilla por 2 a 0, neste sábado (19), e subiu para a terceira posição do Campeonato Espanhol. No Santiago Bernabéu, em partida válida pela 20ª rodada, a equipe madrilena alcançou a vitória com belo gol de Casemiro e outro de Luka Modric.

Após um primeiro tempo moroso e com poucas chances criadas por ambos os lados, o clube de Madri se lançou ao ataque na etapa complementar e chegou ao primeiro tento com um golaço de Casemiro, que encheu o pé de fora da área. Vinícius Júnior, novamente titular do Real, mostrou personalidade e teve boa atuação. Nos acréscimos, Modric deu números finais ao jogo.

Com o triunfo, o Real chega aos 36 pontos e salta para a terceira posição do Espanhol, ultrapassando o próprio Sevilla, quarto na tabela com 33. 

Agora, o Real dá uma pausa na La Liga para focar na Copa do Rei. Na próxima quinta-feira (24), o time de Madri enfrenta o Girona, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Rei. Pela mesma competição, o Sevilla recebe o Barcelona, na quarta-feira (23). 

O melhor: Casemiro

Normalmente peça importante no sistema defensivo, Casemiro foi extremamente eficaz quando subiu ao ataque na partida contra o Sevilla. Além de marcar um lindo gol que garantiu os três pontos para o Real, o volante apareceu na área adversária em diversos momentos, exercendo bom papel de elemento surpresa. 

O pior: Ben Yedder

O atacante não conseguiu dar velocidade aos contragolpes do Sevilla, foi praticamente nulo no ataque e contribuiu pouco defensivamente. Devido ao seu mau rendimento, deixou o campo aos 25 minutos do segundo tempo para a entrada de Promes. 

Vinícius Jr. em ação contra o Sevilla - REUTERS/Susana Vera - REUTERS/Susana Vera
Imagem: REUTERS/Susana Vera

Vinícius Jr. começa a todo vapor

O Real Madrid imprimiu forte pressão nos minutos iniciais e não abriu o placar com Vinícius Júnior por pouco. Primeiro, o atacante recebeu nas costas da marcação, bateu cruzado e exigiu linda defesa de Vaclík. Em seguida, o jovem tentou novo arremate, mas acabou travado pela marcação. Nos acréscimos da primeira etapa, o brasileiro arriscou de fora da área, mas para fácil defesa do goleiro.

Sevilla suporta pressão e incomoda

Marcando em seu campo defensivo e esperando o time da casa, o Sevilla aguentou a pressão dos Merengues e, na base do contra-ataque, quase tirou o zero do placar. Aos 21, Escudero recebeu com liberdade dentro da área, mas bateu para fora, desperdiçando boa oportunidade. 

Real martela e acerta o travessão, mas não marca

O Real Madrid retornou do intervalo mais ligado e assustou o goleiro adversário em diversas oportunidades. Mais objetivo, os mandantes quase chegaram com chutes de fora da área. Vinícius e Casemiro experimentaram, mas os arremates passaram ao lado gol. A melhor chance saiu do pé de Ceballos, que finalizou de longe, mas viu a bola explodir no travessão.

Casemiro tenta por cima, mas abre o placar com golaço; Modric define o jogo

Desesperado em busca da vitória, o Real passou a apostar nas bolas aéreas nos minutos finais. Utilizando de sua estatura, Casemiro, em duas oportunidades, cabeceou para fora. Contudo, foi por baixo que o volante marcou. De fora da área, o brasileiro acertou uma bomba no ângulo de Vaclík, que até tocou na bola, mas não conseguiu defender. Nos acréscimos, Modric foi lançado em contragolpe, saiu na cara do goleiro e bateu para fechar o placar.

Vinícius Jr. é o destaque entre os 11; Marcelo fica no banco

No momento em que o árbitro autorizou o início do jogo, o Real Madrid postou em sua conta no Twitter um GIF do atacante brasileiro balançando a camisa dos Merengues. O atacante está com moral e garantiu a titularidade na equipe pelo quinto jogo consecutivo. Em situação oposta, Marcelo ficou como opção do treinador Santiago Solari. Em baixa, o lateral-esquerdo já havia ficado no banco de reservas na última rodada da La Liga, na vitória diante do Betis.

Real Madrid mantém tabu 

Com a derrota pela liga nacional, os Rojiblancos dão continuidade a uma longa "freguesia", acumulando doze derrotas seguidas para o Real Madrid no Santiago Bernabéu. A última vitória na capital espanhola aconteceu em 2008.

FICHA TÉCNICA

REAL MADRID X SEVILLA

Data e hora: 19 de janeiro de 2019, às 13h15 (de Brasília)
Local: Santiago Bernabéu, em Madri (Espanha)
Árbitro: Antonio Mateu
Auxiliares: Pau Cebrián e Iker De Francisco

Gols: Casemiro, aos 33 do segundo tempo, e Modric, aos 46 do segundo tempo (Real Madrid)

Cartão amarelo: Carriço, Ben Yedder e Kjaer (Sevilla); Casemiro e Ceballos (Real Madrid)

REAL MADRID: Courtois; Daniel Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Reguillón; Casemiro, Modric e Dani Ceballos (Valverde); Vinícius Júnior, Lucas Vázquez (Isco) e Benzema. Técnico Santiago Solari. 

SEVILLA: Vaclík; Kjaer, Gómez Sola e Carriço; Jesús Navas, Banega, Sarabia, Franco Vázquez e Escudero (Bryan); Bem Yedder (Promes) e André Silva (Munir). Técnico: Pablo Machín